Navegam ao meu lado...

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós.
Deixam um pouco de si. Levam um pouco de nós.
Antoine de Saint Exupéry

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish
Download this Cross-Cultural Communication Tool from Get International Clients

Cristo é a operação combinada — o encontro do finito com o infinito, tempo e eternidade se encontrando e se fundindo. Osho

TENHA UM TEMPO FELIZ!

"Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, é um imenso prazer para mim dividir um planeta e uma época com você." (Carl Sagan)

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...
...POR TODOS OS QUE AMOROSAMENTE SEGUEM ESTE BLOG!
"O ser integral conhece sem ir,
vê sem olhar e realiza sem fazer."

Lao Tzu

♥ BOM DIA ALEGRIA... BOM DIA SOL....a única sensação que tenho é que estou com os pés na areia...o resto de mim anda por aí em uma velocidade estonteante... e isso me dá ALEGRIA!!!

"Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta." autor desconhecido

POIS É...

POIS É...

"...Só aqueles que compreenderam que devem procurar o infinito, o ilimitado, o que está além do tempo e do espaço, se sentem vivos, porque a vida verdadeira é a imensidão, a eternidade. Nunca vos refugieis naquilo que é acessível, limitado: abarcai o infinito e a vossa alegria também será infinita. Será a felicidade, a luz, a força, o dilatar de todo o vosso ser." Omraam Mikhaël Aïvanhov

Pesquisar este blog

terça-feira, 24 de junho de 2008

A CHAMA DO XAMÃ

O maior desejo de Balam era ter alguns dias a sós com sua Mestra. Acreditava que desta forma seria mais fácil aprender os seus ensinamentos. A Mestra sabendo dos desejos de Balam, resolveu lhe fazer uma surpresa. Convidou Balam para passarem dois dias nas montanhas. Balam deu pulos de alegria e foi correndo arrumar suas coisas para ir até as montanhas com sua Mestra.
Chegando ao lugar previsto pela Mestra, esta deu ordens a Balam para que ele armasse as barracas e procurasse por lenha. Teriam que fazer uma fogueira, pois logo anoiteceria. Balam, com grande devoção, armou as barracas e saiu saltitante em busca da lenha.
Qual foi sua surpresa, diante da dificuldade que teve para encontrar a tal lenha. Depois de algumas horas, Balam voltou trazendo a lenha em seus braços. Estava cansado e muito irritado, mas voltou a sorrir quando a Mestra veio ao seu encontro dando-lhe parabéns. A Mestra sabia quanto era difícil encontrar lenha naquelas montanhas.
Balam deitou-se para descansar quando a Mestra interveio: Balam está anoitecendo e nós não temos fogo. Trate de andar rápido e faça uma boa fogueira para que possamos nos aquecer. Balam não acreditou no que acabara de ouvir, mas, imediatamente se pôs a fazer a fogueira. Quando o fogo estava já bem alto, a Mestra lhe agradeceu e se pôs a esquentar-se ao lado da fogueira. Balam deu-se por satisfeito.
Tudo estava na mais perfeita ordem. Iria finalmente poder ouvir os ensinamentos da Mestra e depois descansar. Foi então que a Mestra lhe falou: Balam vou recolher-me e ficarei a noite inteira a orar. Quero dar-lhe uma missão: não permita, sob hipótese alguma, que este fogo se apague. Amanhã, quando o sol raiar, este fogo deverá ainda estar aceso.

Balam tentou perguntar a Mestra o porquê de tal pedido, mas esta já entrara em sua barraca para suas orações, e Balam sabia que não a poderia incomodar.
Entediado Balam sentou-se ao lado da fogueira. Sabia que não poderia dormir, o fogo deveria permanecer aceso. Colocava lenha de hora em hora para alimentar a fogueira, e de repente olhou para o céu viu que iria chover. Estava quase amanhecendo e Balam estava furioso. Sentia tanta raiva que teve vontade de abandonar o acampamento. Teve que desmontar sua barraca para poder cobrir a lenha e proteger a fogueira. Estava todo molhado, e não suportando mais tanto sofrimento se pôs a chorar.
Foi quando a Mestra apareceu e lhe disse: Balam, se tens por propósito iluminar-te e servir a Wiracoccha, deves sempre estar muito bem disposto a cuidar da tua chama interior. Não permitas que nenhum pensamento, nenhuma emoção, criados por tua própria mente, contamine a tua paz, a tua serenidade. Deves procurar formas e formas de manter tua chama acesa, não te entregando jamais ao desespero. A confiança em teu propósito é o que te guiará e o que te fará manter, sempre, este fogo aceso. Sem esta chama, tu cairás na escuridão e o que poderás aprender quando nada podes ver?
Podemos desmontar o acampamento, meu discípulo, e voltar para o nosso templo. A nossa missão aqui nas montanhas está cumprida.

Thálya Iktomi (1977-2004) - Xamanista e Sacerdotisa Wanga da Tradição Radá-canzo
Lenda Andina adaptada livremente
Extraído de

imagens/net/pesquisa google


4 comentários:

António Rosa disse...

Texto inspirador. Tantas vezes me deixo dominar por sentimentos menos positivos...

Beijo

Astrid Annabelle disse...

Olá António,
é muito bom saber que fazemos a diferença...
Beijo
Ma Jivan Prabhuta

Luz de Estrela disse...

Lição como esta requer silêncio.
Imagem como está merece silêncio e tempo para consumir nossas mazelas humanas e liberar nossa chama de luz interior.

Astrid Annabelle disse...

Luz de Estrela!
Sim...silêncio!
Beijo doce.
Astrid Annabelle

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...
imagem google imagens