Navegam ao meu lado...

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós.
Deixam um pouco de si. Levam um pouco de nós.
Antoine de Saint Exupéry

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish
Download this Cross-Cultural Communication Tool from Get International Clients

Cristo é a operação combinada — o encontro do finito com o infinito, tempo e eternidade se encontrando e se fundindo. Osho

TENHA UM TEMPO FELIZ!

"Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, é um imenso prazer para mim dividir um planeta e uma época com você." (Carl Sagan)

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...
...POR TODOS OS QUE AMOROSAMENTE SEGUEM ESTE BLOG!
"O ser integral conhece sem ir,
vê sem olhar e realiza sem fazer."

Lao Tzu

♥ BOM DIA ALEGRIA... BOM DIA SOL....a única sensação que tenho é que estou com os pés na areia...o resto de mim anda por aí em uma velocidade estonteante... e isso me dá ALEGRIA!!!

"Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta." autor desconhecido

POIS É...

POIS É...

"...Só aqueles que compreenderam que devem procurar o infinito, o ilimitado, o que está além do tempo e do espaço, se sentem vivos, porque a vida verdadeira é a imensidão, a eternidade. Nunca vos refugieis naquilo que é acessível, limitado: abarcai o infinito e a vossa alegria também será infinita. Será a felicidade, a luz, a força, o dilatar de todo o vosso ser." Omraam Mikhaël Aïvanhov

Pesquisar este blog

sábado, 6 de setembro de 2008

Quem Somos? De onde Viemos? Para Onde Vamos?


Em nossos corpos sutis localizam-se cinco portais energéticos que uma vez ativados nos conduzem pelo caminho da individuação, permitindo uma crescente conscientização da jornada evolutiva de nossa alma. Estes portais, segundo a filosofia do Sistema de Cores Aura-Soma, denominam-se: Estrela da Terra, Estrela da Encarnação, Estrela da Alma, Ananda Khanda e Esmeralda do Coração.
As três estrelas contêm os registros passados, presentes e futuros de todos os seres que fomos, somos e ainda seremos como consciências planetárias e terrestres. Os dois últimos portais são os pontos de conexão entre as estrelas.
Através da informação que flui destes portais podemos ter acesso a todos os nossos potenciais criativos, que são a expressão mais autêntica de nossa alma. Ao entrarmos conscientemente em sintonia com as qualidades irradiantes de nossa natureza fundamental e na medida em que a expressamos, podemos obter as respostas àquelas três clássicas perguntas que fazemos quando chegamos a determinado ponto no caminho do autodesenvolvimento: “Quem sou eu? De onde vim? Para onde vou”?
Como resultado deste esclarecimento interno podemos contribuir de forma mais eficaz para o desenvolvimento e conseqüente evolução pessoal e do planeta.

A Estrela da Terra: De Onde Vim?
A Estrela da Terra localiza-se 20 centímetros abaixo dos pés, no chacra da terra. É o portal que contém o registro de tudo o que vivenciamos e experimentamos por meio de uma consciência terrestre. Ele carrega a informação de nosso destino na Terra para esta vida atual. Isto representa o que viemos cumprir e aperfeiçoar no contexto do carma e dharma que geramos durante toda a nossa existência aqui neste planeta. O primeiro passo rumo ao autodesenvolvimento é através do contato com a energia vermelha. A consciência deve fixar-se na terra, neste planeta que escolhemos para viver e evoluir. Na medida em que há um aprofundamento da experiência na energia vermelha, adquirirmos sabedoria no plano da Terra.
A energia vermelha do primeiro chacra é uma energia de ancoragem e está associada, principalmente, a questões de sobrevivência e preservação da linhagem genética, por isso é a energia que nos mantêm vivos, que impulsiona a reprodução da vida e que, pelo mesmo motivo, nos faz traçar metas e alcançar objetivos. Não foi à toa que Osho, em sua grande sabedoria, criou as meditações ativas. Como entrarmos em um estado de relaxamento consciente sem antes termos consciência de que nosso corpo é um poderoso manancial energético e criativo?
Ao nos aprofundarmos na experiência terrena, temos a oportunidade de ampliarmos nossa consciência pelo despertar da energia rosa, que é a energia vermelha, a qual, paulatinamente, vai se iluminando e tornando-se sutil. Esta energia nos traz a consciência do amor mais desinteressado e uma motivação de vida mais altruísta, já que as questões de sobrevivência vão deixando de ocupar o primeiro plano. É bom lembrar que esse deslocamento de consciência começa a ocorrer na medida em que somos totalmente preenchidos em nossas necessidades básicas, pois não podemos dar aquilo que não possuímos.
O amor que estendemos ao próximo nada mais é do que a extensão do amor e respeito que sentimos por nós mesmos. A vontade de ajudar o próximo, de contribuir para a evolução do planeta, deve ser uma motivação natural, fruto do amor e responsabilidade que cultivamos em nós. Não temos qualquer obrigação de fazer qualquer coisa a não ser que seja consequência de um estímulo interno.
Mas, antes disso, ame-se, cuide-se, corra atrás de seus objetivos por mais egoístas que sejam (saudáveis claro...), divirta-se muito e aproveite a vida o máximo que puder. Você perceberá que aos poucos não se contentará e não se conformará em ser feliz sem que outros também se sintam assim, aí começará a olhar para o outro com consciência. É o vermelho se iluminando e tornando-se rosa...
Nesse processo de ancoração da consciência na terra começamos a sentir que pertencemos a esse planeta, onde nos movemos e temos o nosso ser. E, apesar de muitos de nós sermos almas com experiências em outros planetas e sistemas solares, neste exato momento nosso corpo físico faz parte do grande corpo de Gaia - a nossa Terra - e é aqui que escolhemos desenvolver a consciência, portanto, ainda que sintamos que nossa origem é estelar (De onde Vim?), nossa consciência deve focar-se neste lindo planeta que também se ilumina enquanto evoluímos. E ainda que possamos ter a “cabeça nas estrelas”, nossos pés devem estar ancorados (e bem ancorados) na Terra.
Nesse movimento permitimos que a energia rosa gradualmente se eleve e toque a Estrela da Encarnação.

A Estrela da Encarnação: Quem sou?
Esta estrela situa-se na região entre o 2º e o 3º chacras, dois dedos acima do umbigo, dois dedos para dentro. É descrita como um resplandecente diamante situado no centro do nosso ser, na região dourada. A Estrela da Encarnação é preenchida pelas cores da aura verdadeira que são compostas pela cor da alma, a qualidade irradiante de nossa essência, e pela cor da personalidade, que é formada a partir da combinação da linhagem genética de nossos pais.
A combinação de ambas as cores revela o potencial da missão que escolhemos na encarnação atual. Onde lemos missão, leia-se o conjunto de qualidades, talentos e dons que escolhemos desenvolver e compartilhar nesta vida. Compreenda que a nossa única missão é exercermos nossos dons e talentos, aptidões que aprimoramos durante a jornada de nossa alma e que, por expressarem a nossa essência, permitem que sejamos co-criadores do Universo com as ferramentas internas de que melhor dispomos.
Assim sendo, o Universo, ou Deus, como preferirem, não nos impõe nenhuma missão. Nós escolhemos a nossa “missão” e o Universo responde a ela criando as melhores condições para que possam ser executadas. Através do espelhamento de nossas criações e no reconhecimento de que originam-se a partir da motivação de nosso ser interno é que vamos nos descobrindo: Quem sou?
Este portal é ativado quando finalmente escutamos as necessidades mais profundas de nossa alma e a elas damos atenção. Quando reconhecemos e aceitamos essas necessidades sem julgamento, apenas respondendo amorosamente, estamos colocando o amor incondicional (por nós mesmos) em prática. Quando estamos dispostos a nos amarmos e aceitarmos plenamente assim como somos, passamos a não depender de reconhecimento externo para condicionar o nosso bem-estar interno. Neste processo de cultivar o amor interno e compartilhá-lo com o semelhante, começamos a ativar a Estrela da Encarnação e a acessar toda a sabedoria da alma contida nesta Estrela.
A energia do amor é a energia que impulsiona a Alma. Sem amor não há como reconhecermos nossa verdadeira essência, e sem entrarmos em contato com a essência não podemos nos sintonizar com nosso verdadeiro propósito, isto é, aquele que está em sintonia com a própria alma.

Esmeralda do Coração: Abertura amorosa
Ao mesmo tempo em que levamos o amor e a atenção à Estrela da Encarnação, à área dourada localizada no hara, começa-se a desabrochar a “rosa” do coração. Este portal, localizado no chacra cardíaco, é um ponto luminoso também chamado de Esmeralda do Coração. Este é um ponto chave de conexão entre as estrelas que estão abaixo do cardíaco e a que esta acima.
Ao ativarmos a energia verde-esmeralda do chacra cardíaco, através da energia rosa do amor incondicional, sentimo-nos conectados com tudo ao redor e assim a sincronicidade começa a operar em nossas vidas. Aquela sensação de estar no lugar certo, no momento certo, fazendo o que desejamos, começa a se tornar realidade.
Começamos a perceber que não há necessidade de fazermos qualquer esforço para obtermos o que almejamos, pois estamos no caminho certo e em sintonia com a nossa própria Verdade. No desabrochar deste processo começamos a compreender melhor a nossa missão e a forma de desenvolvê-la.

Ananda Khanda: Qual a minha missão?
O chacra ananda khanda, localizado do lado direito do peito, na altura da clavícula, é denominado de chacra da individuação e sua vibração é a energia turquesa. Este aspecto da consciência se traduz como a “expressão criativa do coração” e está associado ao processo de individuação da alma, aquela etapa evolutiva da vida em que começamos a nos perguntar: “Qual a minha verdadeira missão”? A ativação da energia turquesa torna a comunicação mais ampla, falando não só à mente, mas ao aspecto sentimental do ser expresso pela alma.
O turquesa também é a comunicação da sabedoria do espírito em sintonia com a sabedoria da alma, trazendo paz à comunicação interna. Neste momento passamos a ouvir e a comunicar a voz de nossa consciência superior acessada por meio da intuição. O contato com a energia turquesa faz soar a nossa vibração particular em ressonância com a Estrela da Encarnação. É o contato com a parte mais autêntica de nosso ser, o verdadeiro Eu, que se expressa de forma singular e criativa no mundo ao se conectar com a sua própria verdade interior. O acesso a essa profundeza do ser é feito pela conexão com a Esmeralda do Coração.

A Estrela da Alma: Para onde vou?
A Estrela da Alma localiza-se acima de nossa cabeça, na região magenta ou 8º chacra. Ao ativamos esta Estrela podemos ter acesso àquelas informações de todas as nossas existências nos mais diversos planetas, sistemas solares e galáxias, assim como acessarmos o potencial do ser plenamente realizado que viremos a ser. É o que se denomina de consciência monádica.
Ao acionarmos a Estrela da Alma, a energia magenta começa a descer pelo oitavo chacra, assim começamos a expressar o amor incondicional concreta e criativamente ao mesmo tempo em que também ativamos a energia turquesa através do chacra ananda khanda. A energia rosa sobe pelo chacra da terra e nutre a estrela da encarnação, encontrando-se com a magenta que desceu pelo oitavo chacra e passou pelo ananda khanda, no centro do Coração.
A consciência magenta é a consciência do amor divino e do amor colocado nas pequenas tarefas do dia-a-dia. Também simboliza o desejo pela perfeição e harmonia. Ao ativamos esta energia, acionamos mais ainda a Estrela da Encarnação e a Estrela da Terra, de forma que as três consciências ali contidas tornam-se uma só. Assim, as missões que desempenhamos como seres humanos, almas e mônadas, também se harmonizam e se fundem, o que significa que neste estágio nos tornamos seres plenamente realizados e passamos a funcionar como verdadeiros focos de consciência individualizada.
As Três Estrelas surgem simultaneamente no momento da concepção e as Estrelas da Alma e da Terra dão suporte ao desenvolvimento da Estrela da Encarnação. A energia amorosa estará sempre presente em todas as etapas de desenvolvimento da consciência, desde a ativação da Estrela da Terra, passando pela Estrela da Encarnação, Esmeralda do Coração, Ananda Khanda e Estrela da Alma.
Texto:
Daniela Alvim
Fonte:
imagens
colhidas na net
desconheço autoria


8 comentários:

Luiz Fernando Haas disse...

...Em gratidão pela nobreza desta matéria.Saudações!

Astrid Annabelle disse...

Agradeço de coração por sua visita e por seu comentário Luiz Fernando!
um abraço
Astrid Annabelle

Bill Oliveira disse...

Oi Astrid!!
Uma maravilha de postagem!
Eu precisava conhecer isto!
E as imagens estão muito bem selecionadas também.
Grato.
Bejinhos

Will

Unknown disse...

interessantíssimo !
Obrigada
Fatima

Astrid Annabelle disse...

Olá Bill!
este é um post antigo que resolveu aparecer hoje....também gostei dele!
Que bom que gostou! Um beijo agradecido por sua visita e seu comentário!
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Olá Fatima!
Que bom que gostou também!
Beijos agradecendo sua visita e comentário!
Astrid Annabelle

Susana Fidalgo disse...

Tão bom de ler, Astrid!
Muito Obrigada pela partilha.
Passo sempre bons momentos por aqui.
Bom fds
Beijinhos

Astrid Annabelle disse...

Olá Susana!
Que bom! Nem imagina como fico contente em saber. Hoje foi um dia intenso , e o fato de estar recebendo vários comentários neste post significa muito para mim!!!!
Beijo grande desejando o mesmo : um lindo final de semana junto aos seus queridos.
Astrid Annabelle

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...
imagem google imagens