Navegam ao meu lado...

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós.
Deixam um pouco de si. Levam um pouco de nós.
Antoine de Saint Exupéry

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish
Download this Cross-Cultural Communication Tool from Get International Clients

Cristo é a operação combinada — o encontro do finito com o infinito, tempo e eternidade se encontrando e se fundindo. Osho

TENHA UM TEMPO FELIZ!

"Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, é um imenso prazer para mim dividir um planeta e uma época com você." (Carl Sagan)

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...
...POR TODOS OS QUE AMOROSAMENTE SEGUEM ESTE BLOG!
"O ser integral conhece sem ir,
vê sem olhar e realiza sem fazer."

Lao Tzu

♥ BOM DIA ALEGRIA... BOM DIA SOL....a única sensação que tenho é que estou com os pés na areia...o resto de mim anda por aí em uma velocidade estonteante... e isso me dá ALEGRIA!!!

"Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta." autor desconhecido

POIS É...

POIS É...

"...Só aqueles que compreenderam que devem procurar o infinito, o ilimitado, o que está além do tempo e do espaço, se sentem vivos, porque a vida verdadeira é a imensidão, a eternidade. Nunca vos refugieis naquilo que é acessível, limitado: abarcai o infinito e a vossa alegria também será infinita. Será a felicidade, a luz, a força, o dilatar de todo o vosso ser." Omraam Mikhaël Aïvanhov

Pesquisar este blog

domingo, 22 de março de 2009

A segunda chance


As Sibilas, feiticeiras capazes de prever o futuro, viviam na antiga Roma. Um belo dia, uma delas apareceu no palácio do imperador Tibério com nove livros; disse que ali estava o futuro do Império, e pediu dez talentos de ouro pelos textos. Tibério achou caríssimo e não quis comprar.
A sibila saiu, queimou três livros, e voltou com os seis restantes. "São dez talentos de ouro", disse. Tibério riu, e mandou-a embora; como tinha coragem de vender seis livros pelo mesmo preço de nove?
A sibila queimou mais três livros e voltou para Tibério com os únicos três volumes que restavam: " custam os mesmos dez talentos de ouro". Intrigado, Tibério terminou comprando os três volumes, e só pode ler uma pequena parte do futuro.
Estava contando esta história para Monica, minha agente e amiga, enquanto viajávamos de carro para Portugal. Quando terminei, me dei conta que estávamos passando por Ciudad Rodrigo, na fronteira com a Espanha. Ali, quatro anos antes, um livro me havia sido oferecido, e eu não comprei.
Na primeira viagem de divulgação de meus livros na Europa, resolvera almoçar naquela cidade. Depois, fui visitar a catedral, e encontrei um padre.
"Veja como o sol da tarde faz tudo mais bonito aqui den­tro", disse ele.
Gostei do comentário, conversamos um pouco, e ele me guiou pelos altares, claustros, jardins interiores do templo. No final, ofereceu-me um livro que havia escrito sobre a igreja; mas eu não quis comprar.
Quando saí, senti-me culpado; sou escritor, e estava na Europa tentando vender meu trabalho - por que não comprar o livro do padre, por solidariedade?
Mas esqueci o episódio, até aquele momento.
Parei o carro; não fora por acaso que eu me lembrara da história dos livros sibilinos.
Nos encaminhamos para a praça em frente à igreja, onde uma mulher olhava o céu.
- Boa tarde. - Vim aqui encontrar um padre que escreveu um livro sobre esta igreja.
- O padre, que se chamava Stanislau, morreu faz um ano - respondeu ela.
Senti uma imensa tristeza. Por que eu não tinha dado ao padre Stanislau a mesma alegria que eu sentia quando via alguém com um dos meus livros?
- Foi um dos homens mais bondosos que conheci – continuou a mulher.- Vinha de uma família humilde, mas chegou a tornar-se um espe­cialista em arqueologia; ajudou a conseguir para meu filho uma bolsa no colégio.
Contei a ela o que fazia ali.
- Não se culpe à toa, meu filho - disse. –Vá visitar de novo a catedral.
Achei que era um sinal, e fiz o que ela mandava. Havia apenas um padre num confessio­nário, esperando os fiéis que não vinham. Pediu que me ajoelhasse, mas disse que estava ali apenas comprar um livro sobre esta igreja, escrito por um homem chamado Stanislau.
Os olhos do padre brilharam. Ele saiu do confessionário e voltou minutos depois com um exemplar.
- Que alegria você ter vindo só por isso! - disse. - Sou irmão do padre Stanislau, e isto me enche de orgulho! Ele deve estar no céu, contente por ver que seu tra­balho tem importância!
Paguei o livro, agradeci, ele me abraçou. Quando eu já ia saindo, escutei sua voz.
- Veja como o sol da tarde faz tudo mais bonito aqui dentro! - disse.
Eram as mesmas palavras que o padre Stanislau me dis­sera quatro anos antes.
Sempre há uma segunda chance na vida.

Copyright @ 2009 by Paulo Coelho - O Guerreiro da Luz Online é uma publicação mensal do site www.paulocoelho.com.br, podendo ser distribuído livremente na Internet, e colocado em páginas onde o conteúdo seja gratuito, desde que citada a fonte “Guerreiro da Luz Online, publicação de www.paulocoelho.com.br “. O autor se reserva o direito de alterar estas condições em qualquer momento.





* Todos os direitos reservados.
Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autoria.
CAMPANHA DE DIREITOS AUTORAIS - APOIE E DIVULGUE ESSA IDÉIA


Bookmark and Share

6 comentários:

maria de fátima disse...

Olá Astrid fiquei emocionada ao ler esta história.Beijinhos.

Astrid Annabelle disse...

É emocionante mesmo Maria de Fátima!
Gostei demais também.
Beijo.
Astrid

Samsara disse...

Olá Astrid
Gostei muito desta história, aliás eu sou fã do Paulo Coelho, apesar de os últimos livros que escreveu não me terem entusiasmado muito, tenho quase todos os livros dele e quase todos gostei muito, os meus eleitos são a Brida e 11 minutos.
Beijinhos

Astrid Annabelle disse...

Olá Sam!
Você nem imagina como estou feliz por tê-la na blogosfera!
Ficou tudo mais simples e acesso seu blog com tranquilidade!
O Paulo Coelho é realmente um bom escritor...tem uns insights muito bons.
"Na margem do Rio Piedra eu sentei e chorei"...esse eu gostei demais e o "Veronica decide morrer" também...li quase todos e tenho-os em minha biblioteca virtual.
Se quiser um eu mando por email.É só pedir,OK?
Um beijão querida amiga.
Astrid

Lucy disse...

Linda a história e a lição. É bom relembrarmos que isto acontece em várias situações da nossa vida e não só com livros.

Um beijo,
Lucy

Astrid Annabelle disse...

Sim Lucy!
E como!
Beijos.
Astrid

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...
imagem google imagens