Navegam ao meu lado...

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós.
Deixam um pouco de si. Levam um pouco de nós.
Antoine de Saint Exupéry

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish
Download this Cross-Cultural Communication Tool from Get International Clients

Cristo é a operação combinada — o encontro do finito com o infinito, tempo e eternidade se encontrando e se fundindo. Osho

TENHA UM TEMPO FELIZ!

"Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, é um imenso prazer para mim dividir um planeta e uma época com você." (Carl Sagan)

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...
...POR TODOS OS QUE AMOROSAMENTE SEGUEM ESTE BLOG!
"O ser integral conhece sem ir,
vê sem olhar e realiza sem fazer."

Lao Tzu

♥ BOM DIA ALEGRIA... BOM DIA SOL....a única sensação que tenho é que estou com os pés na areia...o resto de mim anda por aí em uma velocidade estonteante... e isso me dá ALEGRIA!!!

"Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta." autor desconhecido

POIS É...

POIS É...

"...Só aqueles que compreenderam que devem procurar o infinito, o ilimitado, o que está além do tempo e do espaço, se sentem vivos, porque a vida verdadeira é a imensidão, a eternidade. Nunca vos refugieis naquilo que é acessível, limitado: abarcai o infinito e a vossa alegria também será infinita. Será a felicidade, a luz, a força, o dilatar de todo o vosso ser." Omraam Mikhaël Aïvanhov

Pesquisar este blog

terça-feira, 24 de março de 2009

Um depoimento de tirar o folego!

Ao estar respondendo a um comentário, no ultimo post (Os sinais que a vida dá) do meu outro blog A DINAMICA DO INVISIVEL, me veio à lembrança, com muita força, um fato ocorrido durante uma vivência com os Arcanos Maiores do Tarô, num passado distante.
Este curso, criado por mim, consistia em sentir os arcanos no dia a dia.
Uma semana para cada arcano. Era um curso pessoal.
Estávamos trabalhando de maneira satisfatória, minha cliente, uma moça jovem com seus vinte e poucos anos e eu.
Esta amiga...já havíamos estabelecido uma grande amizade...foi iniciada como Mestre em Reiki por mim, iniciada no Tarô Mitológico e participava de todas as atividades como, ambulatório de Reiki, rituais, palestras, cursos, etc...no meu espaço.
Eu a chamava de ”cria da casa”. Sua presença era constante.
Muitas vezes veio me visitar, pois tinha a certeza de encontrar um ombro amigo. Inclusive me chamava de mãe...apesar de ter uma mãe maravilhosa .
Muito bem. Fiz um breve resumo do perfil da moça que vamos chamar de Maria.
Maria recebia as tarefas da vivência com empolgação... sempre foi por demais interessada em descobrir os mistérios da vida...seus segredos, seus códigos. Era fascinada pelo oculto.
E assim fomos caminhando... lado a lado...experimentando os mistérios dos Arcanos Maiores.
Até que chegamos ao Arcano 13...arcano da morte e renascimento.
Dois dias após lhe passar as tarefas relativas ao arcano ela me telefona e diz o seguinte:
“-Estou me sentindo uma crisálida! Até parece que estou grávida de mim mesma! Tenho a nítida sensação que devo morrer para nascer de novo...não no imaginário mas, como fato real!”
Eu não me lembro qual foi a minha resposta...também tanto faz...
Maria não voltou para terminar o curso...estava grávida e não sabia...
Ao consultar um médico já que andava muito enjoada, ( pensou estar com gastrite), recebeu a notícia da gravidez.
Apesar de ter sido surpreendida ficou muito alegre... casou...montou casa...tudo assim de repente...
Passados exatos nove meses após o telefonema....
Maria abandona o plano da Terra e no seu lugar deixa uma linda menininha...
Maria faleceu ao dar a luz...
Assim como a crisálida...ao se transformar em borboleta!

Ma Jivan Prabhuta



* Todos os direitos reservados.
Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autoria.
CAMPANHA DE DIREITOS AUTORAIS - APOIE E DIVULGUE ESSA IDÉIA



Bookmark and Share

12 comentários:

Maria de Fátima disse...

Olá Astrid fiquei arrepiada só de ler este post, mas é uma linda história.Beijinhos.

António Rosa disse...

Fiquei impressionado. Um mistério, do qual ela tinha consciência.

Beijo

Lucy disse...

Ai, amiga, até me arrepiei ao ler este relato, que sinais estes, meu Deus!!!
Incrível é como a Maria se 'achou grávida de si mesma'! e deixou a borboletinha sair de dentro de si. Linda passagem pela vida!

Sabes, Astrid, eu sempre sonhei ser mãe de uma menina e quando tive os meus dois filhos mais velhos fiquei muito desconcertada pois achava que teria de ter uma menina. Do segundo filho, o Renato, até cheguei a fazer uma depressão, tal era o meu desalento. Claro que isto mais tarde me trouxe grandes sentimentos de culpa, eram meus filhos e eu senti que os rejeitara, até nem me chamam mãe, só pelo nome próprio.

Depois, no segundo casamento veio a desejada menina e, curioso, é que no momento que eu ficara grávida, mesmo no acto da concepção eu disse para o meu companheiro: fiquei grávida e é uma menina.
Aí, a certeza era forte no meu coração.
Toda a gente se ria por eu afirmar tal ideia logo nos dias seguintes. Fiz a análise de urina muito cedo para confirmar e disse às enfermeiras: eu sei que estou grávida! Elas riram porque nunca conheceram ninguém com tanta certeza do facto. Telefonaram-me logo de seguida, o que não é usual, só para confirmar que a minha 'intuição' estava correcta.

Mais tarde fiz a ecografia para ver o sexo do bebé e disse antecipadamente ao médico: é uma menina, eu sei. E assim foi: nasceu a minha Filipa Benvinda (nomes próprios).

Passámos muito mal no parto, eu e ela, quase morremos as duas, foi o dia mais agitado da minha vida, nada dava certo, só havia obstáculos para chegar ao hospital. Depois a bebé engoliu muito líquido amniótico e o peito inchou como o de um afogado. Foram 12 dias de internamento entre a vida e a morte. Eu não aceitava que me dissessem que ela não sobreviria. Eu forcei-os a deixarem-me dar de mamar e quando isso acnteceu ela começou a reagir bem e a peneumonia grave que fez diminiu com rapidez. Mas isto só aconteceu ao 5º dia, queriam secar-me o leite, mas eu não deixei. Foi uma luta com médicos e doença, o meu útero quase rebentou pela rapidez com que a quis expulsar - eu sentia que ela estava em perigo. As enfermeiras e médicos ficaram espantados com a minha sensibilidade e como eu resistia às decisões deles.

Finalmente tudo ficou bem, hoje ela tem 20 anos e é saudável, não teve a mínima sequela, embora me assustassem no hospital dizendo o que lhe poderia vir a acontecer, mas ela progredia em sentido contrário ao esperado, desenvolvia bem e respondia aos estímulos com mais vivacidade do que o esperado.

Eu sinto que foi um grande Amor dentro de Nós, que nos fez 'segurar' a Vida, por isso, eu a tinha sempre ao colo e no peito, dormindo com ela até aos doze anos de idade.

Lembro-me de ter sido convidada para falar na rádio no dia da Mãe e contar estes problemas que passámos, o resultado, pelos imensos telefonemas que se seguiram na rádio, foi que toda a gente chorou ao ouvir este relato. Ainda por cima eu estava afónica nesse dia (imagina!!!) e falava baixinho e muito rouca. Mas lembro-me que foi exactamente nessa altura que eu descobri a 'Minha Mãe'! Foi como se um raio me trespassasse e eu acordasse para saber bem o que é Amor de Mãe.

Desculpa o longo discurso, mas saíu sem ser programado. Andava aqui a arrumar a casa e deu-me para vir ao teu blogue.

Um grande abraço para todas as crisálidas que estão prestes a sairem do seu casulo, pois são situações destas que nos mostram a importância da Vida.

Para ti, minha amiga, aquele abraço.
Lucy

P. S. - Para a minha querida Mãezinha, esteja ela onde estiver, as mais sentidas lágrimas de Saudade e de Amor profundo. (Já choro... vês o que fazes com os teus blogues, Astrid... limpas a Alma.)

Astrid Annabelle disse...

Maria de Fátima!
Sem dúvida nenhuma...me marcou a alma.
Um beijo.
Astrid

Astrid Annabelle disse...

Esta história foi incrível António mas, é a mais pura verdade.
Beijo.
Astrid

Astrid Annabelle disse...

Lucy!
Eu prefiro me calar e deixar somente soar a sua voz!
Um beijo querido
Astrid

Isa Grou disse...

Olá Astrid querida!

Lindo, lindo post Astrid.....me emocionou.....sem palavras...

Bjs.

Astrid Annabelle disse...

É verdade Isa! São dessas coisa que a mente humana custa para entender!
Um beijo.
Astrid

Samsara disse...

Astrid
Esta história é verdadeiramente incrível.
É triste, mas por outro lado, esta mulher cumpriu o seu papel nesta vida.
Beijinhos

Fada Moranga disse...

Tirou o folego mesmo. A ver se as pessoas comecam a dar mais ouvidos ao corpo, por mais estranho que possa parecer o recado...

Beijos***de Fada

Astrid Annabelle disse...

Sam!
Foi uma experiência muito forte...por isso quando eu leio ou escuto alguém se referir de maneira jocosa em relação aos oráculos sagrados peço perdão. Perdão por não saberem o que estão fazendo...
Um beijo
Astrid

Astrid Annabelle disse...

Fada!
Você pode imaginar o que senti na época?
Um beijo.
Astrid

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...
imagem google imagens