Navegam ao meu lado...

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós.
Deixam um pouco de si. Levam um pouco de nós.
Antoine de Saint Exupéry

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish
Download this Cross-Cultural Communication Tool from Get International Clients

Cristo é a operação combinada — o encontro do finito com o infinito, tempo e eternidade se encontrando e se fundindo. Osho

TENHA UM TEMPO FELIZ!

"Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, é um imenso prazer para mim dividir um planeta e uma época com você." (Carl Sagan)

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...
...POR TODOS OS QUE AMOROSAMENTE SEGUEM ESTE BLOG!
"O ser integral conhece sem ir,
vê sem olhar e realiza sem fazer."

Lao Tzu

♥ BOM DIA ALEGRIA... BOM DIA SOL....a única sensação que tenho é que estou com os pés na areia...o resto de mim anda por aí em uma velocidade estonteante... e isso me dá ALEGRIA!!!

"Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta." autor desconhecido

POIS É...

POIS É...

"...Só aqueles que compreenderam que devem procurar o infinito, o ilimitado, o que está além do tempo e do espaço, se sentem vivos, porque a vida verdadeira é a imensidão, a eternidade. Nunca vos refugieis naquilo que é acessível, limitado: abarcai o infinito e a vossa alegria também será infinita. Será a felicidade, a luz, a força, o dilatar de todo o vosso ser." Omraam Mikhaël Aïvanhov

Pesquisar este blog

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Animais Sagrados

“Se você falar com os animais, eles falarão com você.
E assim, vocês conhecerão um ao outro.
Se você não falar com eles, não os conhecerá......
E aquilo que você não conhece, você teme....
E aquilo que se teme, se destrói.”
[Anônimo]


Em todas as tradições xamânicas os animais são vistos como arquétipos, símbolos de energias que existem e que podemos encontrar e manifestar dentro de nós.
**

E como arquétipos energéticos, cada pessoa tem seu "Animal de Poder", “Animal Negro”, “Animal Dourado” e seu “Animal Alado”, que correspondem às características que aquela pessoa necessita desenvolver, aprender e manifestar em si, em determinado momento de sua vida.
**

A sabedoria existente em um animal específico, não está necessariamente ligada com sua aparência ou com os pré-conceitos e crenças criados a respeito do mesmo pelo homem, e sim pelo seu poder natural.
**

ANIMAL DE PODER
Todos nós possuímos apenas um. No contexto de cura do Grande Espírito ele representa nosso ego e características da nossa personalidade. As personas (máscaras) que usamos, nossas habilidades conhecidas e aquelas a que ainda não tivemos acesso.
**
ANIMAL NEGRO
Significa “o nosso lado negro”, a única força existente em nós que consegue combater a força da magia negra. Este animal recebe e compartilha esta força da Mãe-Terra. Representa nossa sombra, nosso lado escuro, que ao ser iluminado pela luz do conhecimento nos remete a transformação. Todos nós possuímos um lado negro e um lado de luz. Quando negamos essa energia existente em nós humanos, não permitimos o nosso crescimento e as soluções de todos os nossos problemas.
**
ANIMAL DOURADO
Representa nossa cura interna. A luz dourada da sabedoria. Significa todos os nossos conhecimentos adquiridos em todas as vidas. É o elo de proteção do nosso eu com o Grande Espírito.
**
ANIMAL ALADO
Nosso animal espiritual.
Ele traz a visão transcendente da situação e o poder para resolvê-la. Nos ajudando a ir além de nossa visão pessoal, a encontrar as soluções através dos arquétipos, forças sagradas e divinas.
**
Tanto o Animal de Poder, como o Animal Negro, Dourado ou Alado, é que escolhe a pessoa e não o contrário. Através de uma jornada xamânica a toques de tambor o animal se apresenta para a pessoa. É importante não deixar que o ego interfira no seu processo de encontro com o Animal Sagrado. Muitas vezes a pessoa deseja que seu animal seja o mais bonito ou mais forte em sua opinião, e esses desejos do ego acabam atrapalhando a apresentação do animal que ela realmente necessita.

É importante lembrar que nenhum animal é melhor ou pior que outro.

Uma vez que descobrimos nossos Animais Sagrados, devemos estabelecer um relacionamento com os mesmos. Devemos invocá-los, ao realizar nossas tarefas do dia a dia, visualizá-los freqüentemente perto e dentro de nós, e buscar aprender a desenvolver e manifestar suas características. Lembrando sempre que ao invocar o Animal Sagrado, seja o de Poder, Negro, Dourado ou Alado, não invocamos algo que vem de fora, e sim a energia animal que está dentro de nós.

Outro motivo de confusão no meio xamânico é quanto ao termo “Totem”.

Conforme trilhamos o Sagrado Caminho do Xamanismo, aos poucos, vamos construindo nosso Totem Sagrado, que corresponde na verdade, à unificação dos Animais Sagrados, dos Animais Guardiães das Quatro Direções e os Animais dos Clãs, que vão se associando ao nosso Eu Xamã e formando assim, nossa Identidade Xamânica. Apenas um xamã experiente e com vários anos de caminhada pode afirmar que possui um Totem desenvolvido.

Mesmo após desenvolvermos um Totem Sagrado, outros animais ainda podem se apresentar para determinada pessoa, dependendo do trabalho que a mesma está realizando ou vai realizar. Estes animais são conhecidos como “Animais Auxiliares”.

É muito importante estarmos atentos aos sinais e mensagens que o arquétipo do animal está nos passando. Eles podem aparecer em sonhos, jornadas, no dia a dia, na mente, através de um filme, desenhos, pinturas, ou através de outros meios.

E se quisermos realmente compreender as características de um determinado animal, devemos estudá-lo, para entender o que ele tem para nos passar. Estudar seu habitat, hábitos, o que come, medos, presas, sons que manifestam e outros detalhes, será a oportunidade de aplicarmos seus ensinamentos em nossas vidas.
**
ALGUNS ANIMAIS E SEUS SIGNIFICADOS

BEIJA-FLOR
O Beija-flor é uma das raras aves que exterioriza muita delicadeza e suavidade.

No xamanismo o Beija-flor simboliza cura, amor romântico, claridade, graça e proteção espiritual.

O xamã que tem no Beija-flor seu Animal de Poder é uma pessoa que busca sem cessar o contato com sua energia interior, com a sua magia e que busca muito a contemplação e a unicidade com o meio-ambiente. O xamã Beija-flor é um mensageiro do Grande Espírito, que veio para trazer a mensagem de cura para a humanidade, para curar suas doenças emocionais. Este Animal de Poder nos dá claridade para enfrentar os obstáculos da vida com muita serenidade e auto aceitação.

O Beija-flor nos ensina a suavidade do viver.

Viver contemplando tudo que há, todas as pessoas, a humanidade e principalmente nos remete a buscar nosso estado de graça universal.

A proteção espiritual também é um aliado muito forte deste Animal de Poder, já que ele atua como arquétipo do amor as energias e fluidos que ele capta sempre são energias de altíssima frequência vibratória.

Assim sendo, ao meditarmos no Beija-flor unimo-nos à egregora do Amor Incondicional, que sustenta todo este Universo – manifesto e imanifesto.

URSO

O Urso é um dos mais antigos seres totêmicos de que se tem registro, nos oferencendo alimento, força, proteção e sabedoria. Muitas culturas indígenas possuem mitos e costumes que demonstram grande respeito pelo Urso. Antigas lendas xamânicas falam de um tempo em que as pessoas dividiam as cavernas com seus parentes Ursos.

No Xamanismo Ancestral a Ursa é a guardiã do chakra do coração da Mãe-Terra. E por isso, o Urso assume o arquétipo do animal protetor no Xamanismo.

O Urso como Animal de Poder nos leva a sentir verdadeiramente em cada célula de nosso corpo a batida do coração da Mãe-Terra, e uma vez que sentimos esta batida nunca mais esqueceremos este ritmo que nos liga a todas as coisas. O corpo emocional, ligado ao chakra umbelical é muitíssimo beneficiado pelo reconhecimento do seu elo com essa pulsação.


LOBO
O Lobo simboliza inteligência, sabedoria e cura, ele partilha sua energia com os demais.

Ele é o arquétipo do professor, precussor de novas idéias.

Ele sai, aprende e volta ao seu clã para ensinar o que aprendeu.

O Lobo quando encontra e escolhe uma parceira geralmente é para o resto da vida, é ligado à família, embora mantenha um caráter individualista e solitário.

A energia desse animal nos ensina a buscar nossa verdadeira matilha, nosso clã, família ou escolher um(a) companheiro(a) que possa acompanhar esse novo ciclo. Mas também importa, acima de tudo, em isolar-se de forma que possa escutar sua voz interior.

Pode ser um isolamento em algum Lugar de Poder, ou se não for possível esse isolamento, busca pelos ensinamentos sagrados nos quais acredita que a sua voz interior possa vir a manifestar-se com clareza.

Busca sua intuição.

Com certeza, se há algum impasse, ao invocar a energia do Lobo como Animal Sagrado, o xamã será impelido a aprender com sua própria sabedoria, ou com a sabedoria ancestral. Aprender a escutar sua própria intuição e voz interior.


ÁGUIA
Águias são consideradas um bom augúrio.

Elas representam a proteção, sabedoria, abundância, força, espiritualidade.

Muitos xamãs dizem que quando se está rezando ou fazendo cerimônias, e elas aparecem no ar, significa que as preces serão atendidas.

A Águia carrega nossas preces diretamente para o Grande Espírito.

Ela fala da energia e poder das Quatro Direções, do fluxo sagrado.

Ela fala da verdade que ecoa em nossos corações e espíritos.

E ela fala em andar na beleza.

A Águia é a mestra das alturas, ela mantém um perfeito equilíbrio entre a Terra e o Céu. Representa a energia solar.

É o equilíbrio de três energias: o Céu simboliza nossa natureza espiritual, a Terra nossa natureza física e o Sol energia de vida.

A águia guia e traz equilíbrio e harmonia entre essas tres forças essenciais.

A Águia nos ajuda a ver acima da ignorância, ela é a conexão do Eu Inferior com o Eu Superior.

Os nativos norte-americanos dizem que ela voa perto do Sol, significando a iluminação do Grande Espírito.

Ela ensina a atacar com coragem o medo do novo, do desconhecido, para conhecer novos horizontes, a ir por níveis superiores de consciência.

É o simbolo da liberdade.

A Águia tem sido cultuada e reverenciada por muitos povos há milênios. É incontestável a força do seu simbolismo no inconsciente coletivo da humanidade. Curandeiros e xamãs usam suas penas como um importante instrumento de poder curativo.

Com os olhos da Águia podemos ver com a visão da luz solar clareando a verdade na escuridão da ilusão. Esta visão clara permite-nos ver à distância, para enxergar a nossa própria vida, livre de preconceitos e preocupações.

Permite-nos voar longe dos limites dos detalhes, focando as coisas mais importantes e, desenvolvendo nossos espíritos.

A Águia ensina a ampliar a percepção sobre nós mesmos além dos horizontes visíveis.

GOLFINHO
Os Golfinhos são mamíferos marinhos muito sensíveis, brincalhões e desenibidos - e tem muito a nos ensinar sobre a pura alegria de viver.

O Golfinho rege a comunicação, que consiste de certos padrões e regras. Padrões e regras que ao observarmos, notaremos que sua comunicação com os demais é realizada através de padrões e ritmos, necessários para ocorrências de palavras. As pausas entre os sons também fazem parte da linguagem.

Graças à sua facilidade de comunicação é considerado o "Hermes do Mar".

É próprio do golfinho, como Animal de Poder, perceber a continuidade em todas as ações da vida.

Quando nadamos no mundo dos golfinhos valorizamos mais a simplicidade, alegria, as realidades material e espiritual, assuntos como telepatia (como tipo de comunicação) e viajens e experiências xamânicas, devido sua ligação com viajens oceânicas em grupo.


CORUJA
A Coruja é um dos passáros mais controversos, que evoca uma série de associaçoes que vão desde morte e medo até sabedoria, proteção e vitória.

Muitas tradições xamânicas vêem na Coruja o símbolo da morte.

No entanto, ela nos fala de mudanças e transformações e nos ajuda a superar o medo da transformação que chamamos morte.

A Coruja é uma silenciosa caçadora noturna, que percorre a mais densa floresta. Embora mais conhecida por sua aguçada visão noturna, ela enxerga muito bem à luz do dia.

No Xamanismo Ancestral existe o Clã da Coruja, que rege o elemento Ar.

A Coruja é a passagem para o desconhecido.

Esta ligada à verdadeira alquimia, que consiste em pegar o material bruto de que somos feitos e nos transformar em ouro alquímico - a pedra filosofal, a iluminação.
LAGARTIXA
A Lagartixa pertence à familia dos lagartos.

No xamanismo representa otimismo, adaptabilidade, regeneração, sonhos, renovação e transformação.

As Lagartixas podem subir paredes - inclusive de vidro - e até andar sobre tetos, graças a uma força intermolecular que elas possuem, estabelecidas pelas cerdas existentes em suas patas.

Outra curiodidade é que algumas espécies apresentam capacidade de camuflagem similar à do camaleão.

Em outras espécies, as Lagartixas comunicam-se entre si através de ruídos - o que não é muito comum entre lagartos.

Interessante que em alguns países a Lagartixa é tratada como animais de estimação, o que no Brasil não é muito comum.

Como Animal de Poder a Lagartixa nos remete à capacidade de adaptabilidade, ou seja, o xamã que se adapta a qualquer lugar ou situação, sem falar da questão relacionada à regeneração, pois a Lagartixa regenera sua cauda de maneira surpreendente, caso ela a perca. Neste caso, simboliza o xamã que combate as influências de espíritos libertinos, e sempre após um combate espiritual o xamã possui a capacidade de recuperar sua energia vital.

ARANHA
A Aranha é um Animal de Poder muito reverenciado por várias tradições xamânicas do mundo inteiro como tecelã do Universo.

Apesar de existirem uma série de espécies de Aranhas, formatos, tamanhos, cores e etc, em geral, ela nos ensina a persistir na realidade presente e, ao mesmo tempo, compreender nossa relação individual com a totalidade da criação – sua teia é uma metáfora dos pensamentos que expressam nossa paisagem interior.

Para muitos xamãs, a Aranha é um dos mais antigos dos seres.

Para algumas tradições, o nosso mundo surgiu em consequência da teia que ela teceu no Princípio.

Para algumas tradições africanas ela representa um inseto e como tal um animal intruso.

Já no Xamanismo Ancestral, a Aranha é associada à Deusa Maya, ou seja, à ilusão da realidade tridimensional.

SERPENTE
A Serpente é a personificação de uma força, de uma inteligência, sendo a Naja a mais letal entre as Serpentes.

A muito tempo este Animal de Poder representa o emblema da força energética e da sabedoria de diversas escolas de misticismo e ocultismo do passado e da atualidade. Aperece na coroa dos faraós egípcios e demais impérios do passado, representa o Eu Inferior Oculto, que é a mente subconsciente ou inconsciente.

No Xamanismo Ancestral este Animal de Poder é um grande aliado de cura, ela é poderosa e indispensável.

Ela tem a capacidade de devorar doenças comendo tumores e outros patógenos virulentos, pois o organismo da Serpente não é vulnerável às mesmas doenças que os nossos. À medida que for desenvolvendo sua relação com essa nova aliada, pergunte a ela quando o uso desse poder é indicado. É importante observar que o veneno da Serpente, embora sempre tóxico, é útil à produção de vários tipos de remédios.

O xamã Serpente deve sempre procurar presentear este seu Animal de Poder, pois estes presentes sempre serão oportunidades do xamã lhe presentear com coisas que já não lhe servem mais, alguma coisa que não queira, como uma doença, comportamentos indesejados ou hábitos e pensamentos negativos.

Antes, certifique-se de ter escolhido algo que a Serpente esteja disposta a devorar naquele momento.

No R’XA (Reiki Xamânico Ancestral) a Serpente está associada ao chakra básico e à kundalini. A kundalini tem um simbolismo voltado para a Serpente exatamente por ela ser representada como uma Serpente adormecida, enrolada na base da espinha (coluna vertebral) – desperta. Como resultado, abre-se o acesso à corrente espinhal de energia, permitindo que se tenha contato com a energia da força vital, que tudo cura. Seu coração entra em contato com seu Eu Superior e a serpente cria um canal direto entre seu coração, no Eu Inferior, com sua Consciência Cósmica.

E saiba que a Serpente é o centro de nossa força vital, assim como o rio Ganges é a corrente espinhal da Mãe-Terra.

Leia mais:
FONTE:
http://www.xamanismoancestral.com.br/artigos/animais_sagrados.html


Este post é dedicado à minha querida amiga Isa Grou!


MA JIVAN PRABHUTA


* Todos os direitos reservados.
Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autoria.
CAMPANHA DE DIREITOS AUTORAIS - APOIE E DIVULGUE ESSA IDÉIA

Bookmark e Compartilhe


11 comentários:

Isa Grou disse...

Olá Astrid!

Que lindo!
Muito, mas muito obrigada pelo presente querida!
Eu ADOREI saber tantas informações que nem imaginava...

"E se quisermos realmente compreender as características de um determinado animal, devemos estudá-lo, para entender o que ele tem para nos passar. Estudar seu habitat, hábitos, o que come, medos, presas, sons que manifestam e outros detalhes, será a oportunidade de aplicarmos seus ensinamentos em nossas vidas."

Sinto que devo e quero compreender melhor tudo isso......essas novas informações...

Confesso que o Beija-flor sempre me chamou atenção, mas nunca me aprofundei....chegou o momento de conhecê-lo melhor....

Mais uma vez obrigada querida.
Beijos de LUZ.
Namastê!

Astrid Annabelle disse...

Olá Isa querida!
Eu tinha certeza que iria gostar. A partir de agora um novo caminho se abriu...e foi o beija flor que lhe chamou!
Quando me formei como terapeuta holística a Mestra era uma Xamã.
Todo o curso estava baseado nos princípios do xamanismo universal.
Durante o curso tivemos a felicidade de ouvir uma palestra com uma nativa e autêntica Xamã da Sibéria...local de oigem do xamanismo.
São portanto anos de caminhada consciente nessa trilha...uns dezoito mais ou menos.
Os animais que postei fazem parte dessa minha história...um por um me ajudaram no meu processo de cura!
É isso minha amiga!
Boa caminhada e disponha se precisar de alguma coisa,viu? (esse viu é seu,rsrsrs!!!!)
Um beijo grande.
Astrid Annabelle

Maria de Fátima disse...

Olá Madrinha Astrid, gostei muito de ler este texto.Fiquei com curiosidade em saber qual será o meu animal.Beijocas.

Astrid Annabelle disse...

Olá Mimi!
Quando for chegada a hora saberá...será chamada assim como foi a Isa!
Um beijo agradecido por seu comentário.
Astrid Annabelle

António Rosa disse...

ola´Astrid

Adorei este texto sobre os animais sagrados. O urso é o meu animal xamânico.

beijos

Astrid Annabelle disse...

Olá António!
O texto é bom mesmo.
Vou lhe contar uma curiosidade... como o urso entrou na minha vida.
Enquanto participava de um ritual para me aterrar (rsrsrs) as duas mestras que estavam realizando o ritual receberam imagens mentais de um urso que se dizia muito feliz por ter me reencontrado. Até aí, nada demais... foi-me dito que durante os dias seguintes encontraria um objeto que seria o amuleto para nunca mais me afastar do urso em questão.
Bom, para encurtar a história.
Ao me dirigir ao trabalho em uma manhã logo após o ritual me deparei com uma pessoa vendendo cristais. E, pasme... o que o vendedor me oferecia tinha um urso dentro esculpido nas formas cristalinas interiores do cristal!
nem preciso continuar contando o resto não é?
Tenho ele até hoje...
beijo.
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

O ritual era xamânico, António!

Fada Moranga disse...

Querida Astrid, este tema anda a "perseguir-me"... :-)
Eu confesso que a coruja me diz bastante! Quem sabe em breve tiro isso tudo a limpo?
Belo post!
Bem haja e beijos***deFada

Astrid Annabelle disse...

Fada! Olá!
A coruja? Belo animal...Todos nós que caminhamos para casa em certas curvas da vida nos deparamos com um animal especial!
Se encontrar me conte,OK?
Beijocas iluminadas no seu coração.
Astrid Annabelle

Fadas de Luz disse...

Adoro seu blog. Aprendo bastante. O tema Animais Sagrados me encantou.
Já morei no interior e à noite existiam vários animais noturnos que me encantavam. As corujas estavam sempre lá entre os tantos vagalumes que passeavam pela mata. Adoro corujas.Acho que tenho alguma ligação com elas.
Beijo grande e parabéns.

Astrid Annabelle disse...

Bom dia Fadas de luz!
Fico feliz que gosta do meu blog. Você reparou que nos comentários aqui eu dei uma pincelada sobre o assunto postado ontem?
Isso eu só reparei agora quando vim lhe responder por aqui!
A coruja com certeza tem algo para lhe contar... converse com ela mentalmente...receberá a resposta!
Um beijo gostoso e agradecido por sua presença por aqui.
Astrid Annabelle

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...
imagem google imagens