Navegam ao meu lado...

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós.
Deixam um pouco de si. Levam um pouco de nós.
Antoine de Saint Exupéry

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish
Download this Cross-Cultural Communication Tool from Get International Clients

Cristo é a operação combinada — o encontro do finito com o infinito, tempo e eternidade se encontrando e se fundindo. Osho

TENHA UM TEMPO FELIZ!

"Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, é um imenso prazer para mim dividir um planeta e uma época com você." (Carl Sagan)

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...
...POR TODOS OS QUE AMOROSAMENTE SEGUEM ESTE BLOG!
"O ser integral conhece sem ir,
vê sem olhar e realiza sem fazer."

Lao Tzu

♥ BOM DIA ALEGRIA... BOM DIA SOL....a única sensação que tenho é que estou com os pés na areia...o resto de mim anda por aí em uma velocidade estonteante... e isso me dá ALEGRIA!!!

"Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta." autor desconhecido

POIS É...

POIS É...

"...Só aqueles que compreenderam que devem procurar o infinito, o ilimitado, o que está além do tempo e do espaço, se sentem vivos, porque a vida verdadeira é a imensidão, a eternidade. Nunca vos refugieis naquilo que é acessível, limitado: abarcai o infinito e a vossa alegria também será infinita. Será a felicidade, a luz, a força, o dilatar de todo o vosso ser." Omraam Mikhaël Aïvanhov

Pesquisar este blog

domingo, 18 de abril de 2010

Memórias vermelhas

O vermelho/vinho, cor escolhida para esta segunda feira pela Glorinha, criadora da blogagem coletiva Colorindo a vida, não faz parte do meu dia a dia. Faz parte sim de alguns instantes especiais da minha lenda. São instantes onde a alma foi tocada e impressionada tornado-se assim um registro permanente.

O primeiro deles aconteceu aos meus onze anos de idade. Minha família havia se mudado para São Paulo vindo do Rio de Janeiro. Imediatamente fui matriculada em uma escola do bairro onde fomos morar. Não foi fácil a adaptação já que entrei no meio do ano letivo e, além disso, vinha com um jeito todo carioca de ser. Me senti mesmo como um peixe fora d’água no meio dos coleguinhas filhos da terra da garoa. Além de tudo eu era a mais alta da classe e por isso precisava sentar na carteira do fundo.E eu só queria agradar, queria ser percebida...carregava no peito o trauma da separação dos meus pais quando tinha três aninhos e nunca aceitei o fato de não ter tido contato com o meu Pai desde então, o que me fazia sentir mal amada por ele.Conclusão... eu me sentia uma mal amada por todos!!! Claro está que eu não sabia de nada disso na época.
O tempo foi passando até que chegou o dia vinte e três de setembro, início da primavera no ano de 1959. A professora solicitou que cada um de nós viesse com uma flor pregada na blusa para homenagear a data. Chegando em casa pedi à minha avó, que era quem cuidava das minhas tarefas de escola junto comigo, que escolhesse uma flor bem bonita do jardim de nossa casa. Escolheu um lindo botão de rosa vermelho e me disse que de manhã, antes de ir para escola ela iria pedir licença à roseira e me colocar a flor no uniforme.
E lá fui eu toda prosa com a linda flor pregada no peito querendo fazer bonito. Ao chegar todos estavam querendo o mesmo...ser portadores da flor mais bonita. A professora em vez de nos elogiar estava ocupada com quem não cumpriu a lição muito distante dos sentimentos que rolavam nos bastidores. Por isso foi com uma enorme surpresa que na hora do recreio um menino, até bem tímido, pois gostava de ficar sentado meio que isolado do resto da turma chegou até mim e disse:
-
A sua rosa é a flor mais bonita da classe, sabe por que? Porque é linda como você!
Foi com toda a certeza a primeira cantada de toda a minha vida. Eu não percebi assim. Era inocente demais nesses assuntos de relacionamentos...ainda brincava de bonecas e de ciranda na rua...mas eu me senti amada. Vocês podem imaginar como.


A segunda memória tem a ver com o filme Pretty Women. Foi o primeiro filme que assisti por DVD. Eu não estava acostumada a ir no cinema.Não tinha paciência de ficar sentada vendo filmes.Não tinha, portanto capacidade para julgar se o filme era bom ou ruim, importante ou não. O que estava em foco era o DVD, uma novidade na época. Quem trouxe o filme foi um dos meus filhos. Bem, arrumamos a sala de tal forma para que todos da família pudessem assistir. Era um EVENTO!!!...rsrsrsrs
A verdade, para tornar mais curta a história, é que fui me envolvendo de tal maneira na trama do filme que o tempo parou. Ao chegar no ponto onde a atriz recebe, trajando um lindo vestido vermelho de gala, a jóia, eu estava lá no lugar dela recebendo por ela! Loucura! Carência! Fantasia!
Não sei...sei que foram instantes mágicos gravados na alma. O significado disso não tem importância nenhuma. Importa sim, o sentimento que eu vivi e nunca mais esqueci!

http://www.65anosdecinema.pro.br/1368UMA_LINDA_MULHER_%281990%29


Minha terceira e maior memória com o vermelho diz respeito à Ferrari.
Casei com um legítimo neto de italiano...tutti buona gente..vá bene...
Com ele vivi trinta e oito anos de fortes emoções...não poderia ser diferente. Infelizmente partiu em junho de 2009...
Ele sempre foi e, será sempre lembrado por isso, amante do automobilismo. Esse era o assunto diário, em todas as horas e momentos. Se você perguntasse a ele o que significava o vermelho, diria sem pestanejar..Ferrari . Sonhava, vivia, respirava, Ferrari. Eu e os meus três filhos crescemos ao lado dele e nos tornamos ferraristas convictos. Sim...ele convencia a todos.
Pouco tempo depois do falecimento do meu marido, meu filho mais velho participou de um concurso que daria ao vencedor o direito de participar durante uma semana, com um acompanhante, do Evento Ferrari, em Valência, na Espanha.
Pois ganhou o concurso e levou o irmão junto. Lá foram eles viver o sonho do Pai. Andar de Ferrari, estar entre os Tops da Ferrari como Massa, por exemplo.
Foi um tempo vermelho, Ferrari, impossível de esquecer...
Veja mais sobre esse evento aqui:

http://astrid-annabelle.blogspot.com/2009/10/entao-ganhei.html
http://autozani.blogspot.com

ASTRID ANNABELLE / MA JIVAN PRABHUTA


* Todos os direitos reservados.
Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autoria.
CAMPANHA DE DIREITOS AUTORAIS - APOIE E DIVULGUE ESSA IDÉIA
Bookmark e Compartilhe

58 comentários:

Tati Pastorello disse...

Que histórias lindas. Me emocionei em cada um dos seus momentos vermelhos. Você recriou as emoções de tal forma que deu para vivenciá-las. Parabéns. Beijos,
Tati.

Astrid Annabelle disse...

Olá Tati!Boa noite!
E são emocionantes mesmo ,para mim com toda a certeza!
Fiquei feliz que gostou e por sua visita!
Pelo sobrenome faz parte dos "tutti buona gente"...acertei?
Beijo grande e agradecido.
Astrid Annabelle

marcelo dalla disse...

Querida!!!!!!! Tb me emocionei, vc conseguiu compartilhar suas memórias "coloridas" com maestria.
Vim para dizer que coloquei o complemento que deixou no meu espaço no próprio post, sem me permite...
E tive uma grata surpresa.
Adorei!
bjo

Astrid Annabelle disse...

Olá Marcelo!
Você viu só? Esta blogagem coletiva está mexendo comigo!hehehe
Agora você é que me surpreendeu...já estou indo conferir.
Pera aí...
Beijo
Astrid Annabelle

Beth/Lilás disse...

Olá, Astrid!
Gostei tanto dos seus momentos vermelhos, todos ligados à paixão que, realmente, esta cor evoca.
Fiquei imaginando você enlevada pelo filme que na época fez um sucesso danado e fez muita gente suspirar vendo o lindo galã R.Gere.
A Ferrari é mesmo uma grande paixáo para os italianos ou amantes da F1.
Adorei as fotos!
bjs cariocas

Astrid Annabelle disse...

Olá beth!
Isto é que estar on line...você por aqui e eu por lá no seu reino!!!
É minha amiga, são momentos reais que ficaram gravados na íntegra.
Essa blogagem coletiva está fazendo com que reviremos o baú em todos os sentidos!
Um beijo grande e até amanhã na segunda vermelha da Glorinha!!!
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Beth o seu nome saiu em letra minúscula...perdoe o meu teclado...é velho de guerra e gosta de aprontar das suas!!!rsrs

Açuti disse...

Oiiiii

vermelhamente linda as histórias!!!

adoreiiii!!!!!!!!

bjkss vermelhas, tenha uma semana de muito vermelho!!!

António Rosa disse...

Um post excelente, com recordações familiares. Muito pessoal. Gostei muito e gostei de rever os seus filhos.

Ferrari!

Beijo.

Astrid Annabelle disse...

Bom dia Açuti!
Então, vermelhamente agradecida!!!!rsrsrs
Estou indo conferir seu post vermelho agora!
Uma linda semana para você também!
Beijos
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Bom dia António!
Bom saber de você, que andou sumido também. Espero que já tenha se recuperado bem.
Na hora de realizar este post foram essas histórias vermelhas que surgiram. Uma curiosidade...de vermelho, na minha casa, atualmente não tenho nada. Nem objetos de decoração e nem roupa pessoal...achei interessante este fato, pois gosto de vermelho.
Você viu meus filhotes????Como mãe coruja não tenho jeito mesmo!
Um beijo grande meu querido amigo
Astrid Annabelle

Chica disse...

Maravilha! Adorei teu post bem elaborado e pensado!beijos,linda semana,chica

Astrid Annabelle disse...

Bom dia Chica!
Vermelhamente agradecida...rsrss.
Uma linda semana para ti também.
Estou indo visitar seu post vermelho agora!
Beijo
Astrid Annabelle

Cris França disse...

Viagei contigo nas suas memórias Astrid, que coisa bela de se ler. bjs carinhosos!

Astrid Annabelle disse...

Bom dia Cris!
Ao contar sobre estas memórias eu me senti num papo entre comadres falando de coisas da vida...são lembranças boas de momentos intensos...vermelhos!
Gostei que viajou comigo!
Beijo querida.
Astrid Annabelle

Tida disse...

Oi, Astrid

Que lindas são as suas hitórias.

Que belos filhos também!


Tenha um bom dia,

abs

Astrid Annabelle disse...

Olá Tida!
Adorei receber você por aqui. Também sou avó, "coruja" é claro, de três netos. São a minha riqueza. Nós que somos avós sabemos disso!
A roda da blogagem coletiva está girando e fazendo acontecer...
Tenha um lindo dia!
Abraço gostoso.
Astrid Annabelle

Françoise disse...

Astrid, esse foi um dos post mais marcantes que li hoje sobre o vermelho, carregado de sentimentos e emoções.....
Boa semana,
Bjos
Françoise

Astrid Annabelle disse...

Françoise,olá!
Gostei de ter você por aqui "ouvindo" as minhas histórias!
Tenha um lindo dia.
Beijos
Astrid Annabelle

marliborges disse...

Olá Astrid, que viagem, hein!!!! É bem assim, recordar é viver, e em vermelho, melhor ainda, as memórias vem de outras naturezas, não é mesmo? Viajei junto com você. Obrigada pela carona! Um grande beijo.

Astrid Annabelle disse...

Olá Marli!
E foi muito bom viajar com você.
Se a gente não compartilha as memórias de que valeriam?
Essa blogagem coletiva está fazendo isso...como já afirmei antes...revirando o baú!
Beijos e tenha um lindo dia!
Astrid Annabelle

Glorinha L de Lion disse...

Astrid,cá estou no laptop do filho lindo que adaptou o mouse pra mim...e posso assim participar com pelo menos algumas de vcs dessa festa para os olhos...e para o coaração! Quanta emoção, quantas lembranças, quantas es´tórias de vida e vividas! Se eu já gostava de vermelho, agora entaõ, estou in love com essa cor...e mal comecei a visitar os blogs...lindas estórias...a da rosa, me emocionou...grande beijo, amiga do meu coraçãao, vermelho.

Elaine disse...

Olá Astrid, agora tb estou participando dessa idéia da Glorinha, que é muito legal.
Que imagens lindas da sua postagem coletiva, adorei cada uma delas!
Obrigada pela visita e pelas palavras e como vc disse, precisa de mais cor!
Beijos e até a próxima!

Astrid Annabelle disse...

Glorinha!!! Bom dia!!!
Sabia que iria dar um jeito...e com os filhos lindos que temos sempre tudo fica mais fácil!
Você viu quanta coisa você me fez tirar do baú?
É amiga...essa é a nossa lenda...intensamente vibrante!
Vermelho...mais uma página da blogagem colorida de sucesso.
Yes!!!Adorei ter você por aqui...
Inté e beijos
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Olá Elaine!
Fiquei contente que veio me visitar.
Isso é o que eu mais gosto da blogagem coletiva...a troca e os encontros!
Que seu dia seja lindo!
Beijo
Astrid Annabelle

Meri Pellens disse...

Vermelho é fogo, não? rs...

Olha a gente se encontrando de novo!

To seguindo.

Bjos na alma!

Lu Souza disse...

OI Astrid,

Agora sim estou no blog certo! É porque me identifiquei muito com o outro e por isso acabei linkando ele.
Eu gostei do seu post, suas lembranças, seus filhos e as Ferraris. Incrível como os filhos "herdam" gostos dos pais né mesmo?
Um beijo

Astrid Annabelle disse...

Olá Lu!
Nada contra ficar linkada com a Dinamica do Invisível...rsrsrs
Os filhos, nesse caso, mais do que herança foi a convivência mesmo que despertou neles o gosto do automobilismo..não havia outro assunto!
Gostei que gostou!!!
Beijos
Astrid Annabelle

Fatima disse...

Maravilhos postagem querida!
bjs.

Astrid Annabelle disse...

Um beijo agradecido Fatima!
Está uma maravilha esta blogagem coletiva, não é memsmo?
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Meri!
Desculpe...não lhe respondi na ordem devida.
O vermelho faz acontecer...rsrsrs
E vamos que vamos!!!Caminhando juntas!
beijo
Astrid Annabelle

Barbie Girl disse...

Astrid!! Uau!
O vermelho realmente faz parte dos melhores momentos da sua vida, me emcionei o modo como mencionou seu amado marido, senti ele vivíssimo no seu coração!

Boa semana querida!!

Amei seu post!

Astrid Annabelle disse...

Olá! Barbie Girl!
E está mesmo...também vivi quase minha vida inteira com ele e faz pouco tempo que fiquei viúva...
Gostei que gostou!!!
Um beijo querida
Astrid Annabelle

Maria de Fátima disse...

Olá Madrinha Astrid, linda blogagem.Gostei muito de ler mais um pouco das tuas histórias pessoais.Pretty woman é um dos meus filmes preferidos.Os carros da Ferrari são uma bomba, como se costuma dizer aqui em Portugal.E de todas as cores a minha eleita é o vermelha.Beijocas.

Astrid Annabelle disse...

Olá Mimi!
Esta blogagem está revirando o baú!
São lembranças boas da minha lenda!
Beijos querida!
Astrid Annabelle

Pousada Acqua Flats Ubatuba disse...

Mããeee!!!

Caramba! Hoje eu chorei, chorei e chorei... Este seu post foi muito emocionante! Causaram-me emoções de vibração VERMELHA!

Conheço estas histórias de trás para frente, mas escritas assim por você, ficaram ainda mais tocantes.

Resta-me falar Parabéns pelo post.
Todo o resto fica dispensável.

Beijos!

Eliana Pessoa disse...

OI ASTRID QUE BACANA ESSAS HISTÓRIAS DA SUA VIDA GOSTEI DE TODAS!
ADORO QUEM SABE CONTAR HISTÓTIAS!!!
BJIM

Astrid Annabelle disse...

Olá Ana Luiza!
Mas eu não queria fazer você chorar......é a energia que está rolando forte!!!
Fico feliz que gostou!!!
Nada de choro,hein?!
beijo grande
Mãe

Astrid Annabelle disse...

Eliana, olá!
E eu gosto de quem gosta de ouvir!
Um beijo agradecido por sua visita e suas palavras de carinho. Espero de coração que tenha a sua dor minimiada a cada dia...
Astrid Annabelle

Luma Rosa disse...

Assisti esse filme inúmeras vezes! :D O filme é todo feito sob medida para atender aos sonhos femininos!
Lembro quando postou sobre o concurso webmotors (acho que é este) e a confirmação de que sonhos não tem preço!!
Compreendo a lacuna que seu pai deixou. Perdi meu pai na primeira infância e sei bem o que sentia.
Viajei na postagem!! Beijus,

Rozani disse...

Que história linda!Mas que fofo o menino do colégio.É para se apaixonar.Adorei saber sua história bem intensa com o vermelho.Eu amo vermelho!É minha cor preferida.
Bjs,Rozani

Célia Prem disse...

Gostei de estar aqui e ler um pouco de vc...

beijocas

Fada Moranga disse...

Querida Astrid!

Que vermelhão!!! :-)))
A minha história favorita é a da sua infância. Linda!!! Por onde andará esse jovem poeta?

Fiquei a pensar no facto de não ter qualquer objecto vermelho à sua volta... Que tal um mealheiro? Seria bom para a Raíz! :-P

Um grande bem haja e muitos beijos******deFada

Ps: Ricos filhos! Serão eles o seu vermelho? ;-)

Astrid Annabelle disse...

Bom dia Luma!
É realmente complicada a vida de quem cresce sem um Pai ao lado...
Quanto ao filme é tudo de bom nesse sentido que mencionou!
Havia postado sim sobre o evento da Webmotors...seguidor é seguidor!!!!
Um beijo gostoso para você e tenha um lindo dia!
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Rozani, bom dia!
Eu sou diferente de você...gosto muito do vermelho mas em doses homeopáticas!!!hehehe
Adorei ter você por aqui nessa viagem!
Beijos
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Olá Célia, bom dia!
Você nem imagina como gostei de receber sua visita!
Muito bom mesmo!!!!
Um beijo grande e saúde!!!
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Fada querida, bom dia!
Sabe que eu nem me lembro do nome dele! Fiz um esfôrço grande para lembrar e nada...foi uma daquelas presenças marcantes da vida que entram e saem sem deixar rastro.
O que é "maelheiro"????rsrsrs
A única coisa vermelha que habita a minha casa é a crista de um galinho que minha mãe trouxe de uma de suas viagens que fez a Portugal!
Meus filhos são com toda a certeza meu arcoíris completo...rssss
Um beijo enorme no seu coração.
Astrid Annabelle

FadaMoranga disse...

Oh que pena... lá se perdeu um bom partido! :-)))

Olhe aqui um mealheiro:

http://www.cosmeticsurgeon.co.uk/blog/wp-content/uploads/2009/01/piggy-bank.jpg

O galinho e os filhos são um belo património! ;-)
Muitos beijos****deFada

Astrid Annabelle disse...

Fada!
Vou dar uma busca para você e quem sabe eu não localizo o bom partido?????!!!!!
Agora que sei do que se trata irei providenciar um imediatamente!
Thanks a lot!
Quanto aos filhos e ao galinho....sem comentários!!!hehehe
Já estou indo lá no seu blog conferir sobre a Velvet...sniff...sniff
Beijo grande
Astrid Annabelle

FadaMoranga disse...

Querida Astrid eu tive um mealheiro vermelhão em forma de coração e partiu-se. Então eu achei que era para trabalhar o desapego e nunca mais comprei outro. Mas tenho um azulinho de plástico em forma de porta-moedas. Acho que também vou investigar um novo! :-)))
Beijos***deFada

Fátima disse...

Sentir em vermelho , rosa ou roxo, até nem é o mais importante, o que realmente conta é a expressão dos sentimentos e as lembranças que dixaram em sua memória e no coração.
As trez situações foram cada uma delas importantes e marcantes cada uma a seu modo, isso é que é o grande lance da vida.
Mas...como hoje é dia do vermelho, bom que foi de Ferrari, e de paquera, rsrs.

Tudo lindo!
Beijo.

Fátima disse...

Que delícia ler suas narrativas . Incrível como algumas coisas marcam as nossas vidas, não é, e você as resgatou com tanta riqueza de detalhes, que conseguiu resgatar inclusive as emoções.
Adorei, seu vermelho foi lindo.
Beijo.

p.s.:já fiz comentário nessa postagem, mas não sei o problema, não vi aqui.

Anny disse...

Astrid Annabele:
Bom dia!
Você dividiu com os particpantes desta blogagem um pedaço da sua história em "MemÒrias vermelhas".
Obrigada!
Todos nós temos histórias para contar e a sua é maravilhosa. Assim, parabenizo a Glorinha por nos unir no "Café com bolo" para contar nossas esxperiências e vidas de acordo com as cores.
Atè mais!
Anny.

Astrid Annabelle disse...

Fada, bom dia!
Logo após lhe responder ao seu último comentário a net caiu e somente voltou hoje e agora....por isso ainda não estive no seu blog.
Quanto ao cofrinho deverá investigar sim! Tudo aquilo que falamos para os outros são coisas que precisamos "ouvir"!
Um beijo querida e até já!
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Fátima, bom dia!
Estou muito agradecida por suas palavras. Você não viu seu comentário publicado pois eu fiquei sem net e como os mesmos são moderados....
Coleciono memórias boas e gosto de compartilhar pois que sentido teriam ficar trancadas no coração?
Adorei sua visita...volte sempre.
Um beijo
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Anny, olá! Bom dia!
Fiquei feliz que veio me visitar. Esse é o lado bom de uma blogagem coletiva...conhecemos pessoas novas!
Um beijo agradecido por suas palavras e carinho.
Astrid Annabelle

Lúcia Soares disse...

Astrid, com pc estragado e "manejando" um laptop que não me agrada (mas já vou me acostumando...o que é bom, adaptação ao que temos...), só hoje pude ler sua blogagem do vermelho e não vou nem dizer, já dizendo! o quanto foi linda.
Sabe que procurei, em todos os recursos que tenho, por este vestido vermelho da Júlia Roberts, as não consegui nenhuma imagem dela sozinha nele, de corpo inteiro.
Queria que fosse este vestido a ilustrar meu post, pois assim que soube que a cor era o vermelho, lembrei-me dele. Enfim, valeu vê-lo aqui, no seu post.
Incrível como a vida segue rumos impensáveis e seus filhos viveram o sonho do seu marido!
São rapazes lindos e suas bençãos.
Fico a cada dia, a cada cor e a cada post mais feliz por ter entrado nessa blogagem coletiva.
Um forte abraço!

Astrid Annabelle disse...

Olá Lúcia!
Quantas palavras bonitas deixou aqui escrito!
Espero que logo volte a ter seu PC funcionando. Hoje em dia é como se nos faltasse um membro,não é?
Este filme Pretty Woman mexeu com todas nós na época...não conheço ninguém que não tenha se encantado com algo desse filme!
Fico feliz que tenha visto o "seu vestido!"
Um beijo agradecido por todo o seu carinho.
Astrid Annabelle

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...
imagem google imagens