Navegam ao meu lado...

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós.
Deixam um pouco de si. Levam um pouco de nós.
Antoine de Saint Exupéry

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish
Download this Cross-Cultural Communication Tool from Get International Clients

Cristo é a operação combinada — o encontro do finito com o infinito, tempo e eternidade se encontrando e se fundindo. Osho

TENHA UM TEMPO FELIZ!

"Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, é um imenso prazer para mim dividir um planeta e uma época com você." (Carl Sagan)

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...
...POR TODOS OS QUE AMOROSAMENTE SEGUEM ESTE BLOG!
"O ser integral conhece sem ir,
vê sem olhar e realiza sem fazer."

Lao Tzu

♥ BOM DIA ALEGRIA... BOM DIA SOL....a única sensação que tenho é que estou com os pés na areia...o resto de mim anda por aí em uma velocidade estonteante... e isso me dá ALEGRIA!!!

"Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta." autor desconhecido

POIS É...

POIS É...

"...Só aqueles que compreenderam que devem procurar o infinito, o ilimitado, o que está além do tempo e do espaço, se sentem vivos, porque a vida verdadeira é a imensidão, a eternidade. Nunca vos refugieis naquilo que é acessível, limitado: abarcai o infinito e a vossa alegria também será infinita. Será a felicidade, a luz, a força, o dilatar de todo o vosso ser." Omraam Mikhaël Aïvanhov

Pesquisar este blog

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Quero que sinta o que eu senti....

Quero que você sinta o sabor da liberdade que eu senti ao ver este vídeo.
Desligue o som do blog para assistir ao vídeo
ou clique no logo do Youtube


CLIQUEM NA IMAGEM ABAIXO
Veja mais imagens AQUI

Eu fiquei emocionada!
ASTRID ANNABELLE / MA JIVAN PRABHUTA






* Todos os direitos reservados. Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autoria.CAMPANHA DE DIREITOS AUTORAIS - APOIE E DIVULGUE ESSA IDÉIA
Bookmark e Compartilhe

30 comentários:

Siala disse...

Astrid...sem palavras e com muitas lágrimas nos olhos!
Maravilhoso! Que um dia nenhum animal tenha que viver confinado...ahhhh minha querida, no dia em que todos os seres humanos sentirem e ouvirem os animais, que grande revolução de luz será!
Obrigada, vou colocar no Energia!
Namasté!

Bloguinho da Zizi disse...

Astrid
O leão me emocionou.
Fiquei sem ar e com lágrima nos olhos.
Não vi nenhum animal selvagem ali e sim um ser se encontrando com a Natureza. O toque com a terra. A liberdade sendo resgatada.
E fiquei imaginando o que fazemos não só aos animais mas às pessoas que por vezes seguramos junto a nós, tolhendo a liberdade que lhes é por direito.
Muito pra pensar.
Gratidão

Marion Lemos disse...

Nossa, que emoção!!!
Me deixou sem palavras...

"Não há crueldade pior que pensar e acreditar que os animais existem para servir ao Homem." Gabriela Toledo

A melhor maneira de ajudar os animais, á começar por nós mesmos.

Excelente post, querida amiga Astrid.
Parabéns!

Um beijo na alma.

Marion

Hugo de Oliveira disse...

Vídeo emocionante. É triste saber que existem muitos animais que vivem presos...sofrendo e ficando privando de viver feliz.

abraços

António Rosa disse...

Olá Astrid

Tentei ver o vídeo, mas a Sonny não permite a visualização no nosso país.

Devem ser imagens muito especiais.

Beijos

António

Lu Souza Brito disse...

Oi Astrid,

Me arrepiei inteirinha com a alegria do bichinho em contato com a natureza. Animal nenhum deve ficar preso.Minha cachorra fica em casa no quintal que não é muito pequeno e só vê coleira quando vamos passear na rua (ela é muito arteira e tenho medo que fuja e seja atropelada), mas também precisa ver a alegria dela quando a levo na casa de um amigo meu que tem um sitio. Contato com grama, plantas diversas,água brotando da terra. Dá para sentir a alegria no corre e corre desvairado, no arranhar as patas na terra, igual o leão!

Beijos

António Rosa disse...

Astrid

Só depois de ter escrito o comentário anterior é que percebi que podia acompanhar toda a história da transferência do Alex para o rancho.

Foi mito bom.

Beijos

António

pensandoemfamilia disse...

Oi querida

Estas imagens mostramm como o animal necessita do seu próprio espaço e fico pensando no número de gatos e cahorros confinados nos apartamentos . Será que isto é cuidar dos animais? Quando as pessoas os tem e os veste e os calça como se fossem pessoas , isto é amor?
Muito bom seu post, para pensar além de nós mesmos.
bjs

maria chainho disse...

ola boa noite astrid!!!! não consegui ver o video,mas via historia.os animais por vezes são muito maltratados.beijinhos.

Astrid Annabelle disse...

Siala querida!
Eu fiquei inteira arrepiada ao ver o vídeo.
A alegria do leão mexeu com o fundo da minha alma.
Já fui conferir e deixei meu comentário por lá.
Um beijo grande e muito agradecio.
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Foi isso que senti Zizi!
Quantas vezes tolhemos a liberdade de um ser humano, até de maneira inconsciente talvez.
A reação de alegria do leão por ficar em liberdade foi incrível.
É para pensar mesmo.
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Pois é Marion!
É assim que eu penso. Começar por nós.
Beijo grande de luz minha querida, muito agradecido.
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Isso que é triste Hugo...muito triste.
Um beijo meu amigo baiano!
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Que pena que não pode ver o vídeo assim mesmo António!
A Siala conseguiu!
Não sei se os outros(vi quase todos) mostram o instante em que o leão pisa a terra...é coisa de louco. O coração arrebenta de emoção! Ele realmente deixa de ser um animal para ser luz...totalmente luz!
Um beijo grande querido...hoje estou pagando meus pecados...sem net...
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Fantástico, não é Lu???!!!
Eu fui contagiada pela alegria do leão. Fez toda a diferença no meu dia hoje.
Um beijo grande querida
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

António, estou tomando as providências para poder navegar com mais sossego na net. Isso ninguém merece (ficar sem)! hehehe

Mais um beijo
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Pois é Norma! Penso como você...as pessoas confundem as coisas demais!
Fiz este post para que haja reflexão a respeito mesmo.
Um beijo grande minha amiga.
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Que pena Maria! Que pena!
Engraçado, a Siala que está em Portugal conseguiu... isso é que eu não compreendo!
Saiba que é sensacional.
Tente mais uma vez...quem sabe...
Um beijo grande querida.
Astrid Annabelle

lolipop disse...

Querida Astrid...
OOPS...cheguei tarde, e não consigo mais ver o vídeo...snif!
BEIJOSSSSSSSSSSSSS

William Garibaldi disse...

Que poesia Astird!
Que coisa rara!

Eu nasci com o dom de dizer não as gaiolas! Quando pequeno morava em sítio e este era o meu único motivo de birra! Crê nisso! rssss eu chorava e uivava quando via um passarinho na gaiola!

Que a Mãe Terra dê vida longa de liberdade a este Leão! Super emocionante!

Amo a Liberdade que você Sustenta!

Que o Universo-Amor te inunde!

Nilce disse...

Realmente é de chorar, Astrid.
Eu que sempre fui contra qualquer tipo de gaiola ou grade, digo que é muito emocionante, e o pior é que eles não fizeram nada para lhes acontecer isso: prisão.
Lindo o video. Amei o post.

Excelente final de semana.

Bjs no coração!

Nilce

Astrid Annabelle disse...

Olá Loli!
Você não chegou tarde. Alguns amigos de Portugal também não conseguiram ver...
entre no Youtube e tente por lá ou pelo link ao Rancho dos Gnomos....vale muito a pena o esforço.
Dá uma sensação real da dimensão da liberdade!
Um beijo gostoso.
(irei lhe visitar assim que normalizar o sinal por aqui,OK?)
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Que lindo comentário William! Bom dia!
Pois eu não suporto ver as pessoas tratando os bichos como se não tivessem sentimento...e pior, eles sofrem em silêncio!
A natureza de Deus deve permanecer como foi criada e ponto!
Um beijo grandão querido!
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Bom dia Nilce querida!
É lindo demais mesmo querida!
Um beijo grande no seu coração.
Astrid Annabelle

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

emociona, mesmo! pobre leão, que sofreu tanto, agora tá livre!
vc e a querida mãe gaia Beth tocaram nesse assunto de maneira tão especial, faz a gente melhorar internamente, com certeza.

coisa mais linda tudo isso, obrigado!
bom dia

mclaudiabs disse...

Este vídeo me fez lembrar, uma vez meu pai me deu uma gaiola com cinco canarinhos coloridos, lindos! Aí ele disse: está pensando o mesmo que eu? Na hora fomos a um parque (na Juréia) e soltamos os bichinhos. Se morreram, pelo menos sentiram o gostinho da liberdade de voar, voar, voar...

Astrid Annabelle disse...

Já pensou Alê o que este leão sentiu durante o cativeiro, EM SILÊNCIO!
Eu fiquei muito emocionada ao ver a cena dele tocando o chão! Nossa...foi demais!
Um beijo grande querido.
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Claudinha! Nem poderia esperar outra coisa de você!
Deus criou a natureza livre...totalmente livre!
Um beijão querida amiga do coração.
Astrid Annabelle

NOVA ERA DA UFOLOGIA! disse...

ola Astrid,adorei esta matéria e adorei tambem seu blog,ja estou seguindo,gostaria de te convidar a uma visita ao htt://novaeradaufologia.blogspot.com abraços.zek

Astrid Annabelle disse...

Olá Zek!
Seja bem vindo a esta casa!
Agradeço por sua visita e pelo comentário gentil.
Irei lhe visitar com certeza.
Um abraço de luz.
Astrid Annabelle

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...
imagem google imagens