Navegam ao meu lado...

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós.
Deixam um pouco de si. Levam um pouco de nós.
Antoine de Saint Exupéry

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish
Download this Cross-Cultural Communication Tool from Get International Clients

Cristo é a operação combinada — o encontro do finito com o infinito, tempo e eternidade se encontrando e se fundindo. Osho

TENHA UM TEMPO FELIZ!

"Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, é um imenso prazer para mim dividir um planeta e uma época com você." (Carl Sagan)

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...
...POR TODOS OS QUE AMOROSAMENTE SEGUEM ESTE BLOG!
"O ser integral conhece sem ir,
vê sem olhar e realiza sem fazer."

Lao Tzu

♥ BOM DIA ALEGRIA... BOM DIA SOL....a única sensação que tenho é que estou com os pés na areia...o resto de mim anda por aí em uma velocidade estonteante... e isso me dá ALEGRIA!!!

"Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta." autor desconhecido

POIS É...

POIS É...

"...Só aqueles que compreenderam que devem procurar o infinito, o ilimitado, o que está além do tempo e do espaço, se sentem vivos, porque a vida verdadeira é a imensidão, a eternidade. Nunca vos refugieis naquilo que é acessível, limitado: abarcai o infinito e a vossa alegria também será infinita. Será a felicidade, a luz, a força, o dilatar de todo o vosso ser." Omraam Mikhaël Aïvanhov

Pesquisar este blog

domingo, 15 de abril de 2012

A Rota do Âmbar


A Rota do Âmbar é uma antiga rota de comércio que ligava o Mar do Norte e o Mar Báltico à Itália, Grécia, o Mar Negro e o Egito antes mesmo do nascimento de Jesus e durante um grande período após isto. Um componente vital aos objetos ornamentais, o âmbar era transportado por esta rota. 
Os principais trechos fluviais eram feitos pelo Vístula e Dniepre.
*

*
Durante milênios, um grande mistério tomou conta da imaginação dos seres humanos. Curiosos, místicos e apaixonados pela beleza da natureza, o homem se deixa fascinar pelas curiosas qualidades do âmbar. Talvez uma de suas mais misteriosas qualidades seja o fato do âmbar ser sempre morno ao toque.
*
Nos dias de hoje já não o valorizamos como deveríamos. Provavelmente por sabermos que o âmbar não é uma pedra, mas sim uma resina vegetal criada em épocas pré-históricas. Preocupados em usar jóias que apresentem os mais valiosos e caros exemplos do mundo mineral, esquecemos que o âmbar, tão frágil e ao mesmo tempo extremamente resistente representa a própria história do ser humano. Cada pedra carrega consigo as emoções da própria Terra e é a essência da natureza que abrigou o homem desde o seu começo.

*
Possuindo centenas de tonalidades foi usado primeiramente para afastar espíritos maléficos e atrair os benéficos. Era tão valorizado seu uso em rosários que no século 13 e 14 muitas ordens proibiram seu uso por ser uma demonstração de opulência, contrária aos seus preceitos de humildade.
 *
O uso do âmbar floresceu durante a era neolítica quando as mulheres que coletavam madeira às margens do mar Báltico descobriram que as pedras do mar, que flutuavam nas águas e eram atiradas à praia, queimavam mais facilmente que a lenha e possuíam um suave aroma.
 *

 *
O âmbar sempre foi visto como sobrenatural. Entre os povos do Báltico, acreditava-se que um colar feito de âmbar estrangularia a quem mentisse ao usá-lo. Amuletos e Talismãs feitos de âmbar esculpidos em diferentes formatos eram usados para evitar acidentes, doenças ou mau olhado. O mais poderoso destes talismãs possuía o formato fálico e acreditava-se possuir o poder de afastar poderosas forças de feitiçaria maléfica.
 *

*
Ginteras, antiga palavra lituana que significa defensor ou protetor, era o nome dado aos talismãs feitos de âmbar que eram usados ao redor do pescoço. Já os antigos chineses acreditavam que o âmbar era a alma de um tigre morto. Possui grande poder de proteção especialmente para as crianças. Permite ao corpo que se cure a si mesmo, elimina a doença das partes afetadas e purifica o coração e o espírito.
*

*
A crença nos poderes do âmbar foi tecida como raios de luz na escuridão das antigas culturas bálticas. 
O uso do âmbar era infinito: talismãs para a cura de doenças, proteção física na guerra, para que o espírito encontrasse seu caminho de forma rápida e segura durante a última jornada.
Acreditava-se que o âmbar dava imortalidade a quem o possuísse. Sociedades de caçadores neolíticos enterravam seus mortos junto com peças funerárias feitas de âmbar. Machados feitos de âmbar eram peças altamente valorizadas pelos mortos. É considerada uma pedra de assentamento e harmonia devido à sua forte ligação com as energias da Terra. Principalmente na sua tonalidade amarela assegura a boa sorte e limpa as vibrações negativas. Preserva e resgata a sabedoria e o conhecimento ancestral.
*


*
O âmbar é o símbolo Celta do deus do sol. É a pedra sagrada da deusa mãe. É o resíduo das lágrimas da deusa Jurate, a senhora do Mar, que vivia em um castelo de âmbar nas profundezas do Mar Báltico. Ao se apaixonar por um mortal, condenou-o à morte, provocando eterno sofrimento a si própria. Por ser regido pelo sol e devido a suas propriedades elétricas, o âmbar protege contra a má sorte e contra despachos agourentos, inveja e inimigos de todos os tipos.
 *
Para romanos uma pequena figura de âmbar era consideravelmente mais valiosa do que um escravo. 
O caminho que o âmbar seguia até os territórios romanos ficou conhecido como "A Rota do Âmbar". 
E peças desse precioso material foram encontradas na Grécia, Egito e Assíria. A tribo lituana dos Kurshes dominava este comércio; milhares de moedas romanas de prata e cobre foram descobertas em seu território, como também nos territórios de outras tribos da região do mar Báltico.
 *


*
O verdadeiro âmbar flutua ao ser colocado na água salgada. O âmbar opaco flutua em água salgada de gravidade específica 0.05. Já o âmbar transparente precisa de água mais salgada com maior gravidade específica. O âmbar transparente é mais denso que o âmbar opaco ou nebuloso uma vez que essas "nuvens" são causadas por minúsculas bolhas de ar o que o torna mais leve.
*
Âmbar é a única pedra que é morna ao toque, que pode ser esculpida com uma simples faca. A única que estala, cheia de eletricidade, como se estivesse viva quando esfregada contra uma roupa de pele, a única que flutua nas águas misteriosas do oceano. Âmbar é o divino tornado tangível, a pedra que queima e acalenta os desejos do homem.
 *


*
Mesmo o mais simples pedaço de âmbar adquire nova majestade quando tomamos consciência de que vaga pela Terra a mais de 20 milhões de anos. Quanta história não viveu! Quantos povos conheceu! Quantas civilizações viu surgir, florescer e enfim, desaparecer! Assírios, Babilônicos, Egípcios, Gregos, Romanos... Quantas aventuras até chegar às nossas mãos.
*


TEXTO DE:
*
Com este post eu inicio a publicação de uma pesquisa que ando fazendo sobre as minhas origens, vidas vividas em outros tempos, e por aí a fora.
As descobertas que venho fazendo me empolgaram.
Quem sabe, você que está aqui lendo, tem algo a ver com tudo isso.
*
Confira mais estes links para sentir a importância do âmbar:

Cientistas descobrem fósseis de insetos extintos no Peru

Os Vênetos Povo do Âmbar

 História do Âmbar

 

 *

ASTRID ANNABELLE / MA JIVAN PRABHUTA


IMAGENS GOOGLE
* Todos os direitos reservados. 
Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autoria.
 CAMPANHA DE DIREITOS AUTORAIS - APOIE E DIVULGUE ESSA IDÉIA
Bookmark e Compartilhe

12 comentários:

Maria Gloria disse...

Astrid Annabelle,

Claro, você sabe o quanto estas descobertas me encantam! O âmbar, os lugares que ele viveu e especialmente saber de sua existência pela Terra a mais de 20 milhões de anos...uau! Quanta memória e "forte ligação com a terra"!
Adorei tudo o que aprendi aqui sobre a Rota do Âmbar e continuo minhas pesquisas, encantada com esta energia!
Obrigado pela generosidade de partilhar tanta beleza ancestral, um beijo a espera de mais!

Maria Glória

Astrid Annabelle disse...

Bom dia querida Maria Glória!
Estamos descobrindo juntas. Recolhendo partes da nossa própria experiência em todos os tempos aqui na 3D...
Uma energia maravilhosa sem dúvida!.
Logo mais tem mais!!!rsss
Beijão agradecido por sua presença nessa pesquisa comigo!
Astrid Annabelle

António Rosa disse...

Astrid,

Lindo post. A todos os níveis um belo trabalho de narrativa, investigação e divulgação.

Senti falta da parte asiática. Eu era menino em MOçambique e vindo da Índia, vi e toquei em muito âmbar.

Em casa de meus pais havia objectos «grandes» com âmbar incrustado. Lembro-me de uma cómoda (móvel) com várias gavetas, em pau-preto, marfim e âmbar.

Beijo.

António

Astrid Annabelle disse...

Bom dia meu querido António!

Essa pesquisa teve início num insight ocorrido durante uma conversa no FB entre a Maria Glória e eu. Resolvi então arregassar as mangas, sair a campo e pesquisar fundo. A primeira fase é este post...chegarei na Ásia...

O que eu concluí por ora é que realmente já tive encarnações em quase todos os continentes!!!Uau!!! E trago junto comigo muito do que me contou em sua casa sobre a nossa existência...e que somos almas antigas...

Sabia que iria gostar! E se tiver tempo veja os vídeos que postei no FB...muito bons e reveladores...
"Estivemos juntos", Maria Glória, você e eu, este final de semana!!!!!!!!...andando por aí
Beijão agradecido

Astrid Annabelle

António Rosa disse...

Olá Astrid,

As almas antigas têm essa particularidade: já estiveram em todos os continentes. Vero! Sinto isso. Depois, o que fazemos é identificar-nos em maior ou menor escala, aquelas regiões do globo que ressaltam mais de nossas vidas passadas. No meu caso, obviamente, tenho bem presente dentro de mim, 3 regiões bem marcadas: Ásia (Índia), África (vários países), América do Sul (Brasil e Argentina). Estou a terminar na Europa (seria uma longa história...).

Beijos.

Aguardo o post.

Astrid Annabelle disse...

Ah! uma delícia de conversa...

António, eu me identifico muito com Portugal e o Norte da Europa,e aqui no Brasil com Ubatuba
(especificamente) e Salvador, BA.

Mas no geral sinto um amor equilibrado pelos lugares por onde passei...se é que dá para compreender isso. Sinto que abraço o mundo...aponte um lugar, não importa o tempo, ... já lá marquei presença!!!! ^.^

Beijão e vamos que vamos...

Astrid Annabelle

Fátima disse...

Muito interessante Astrid!
Passei para desejar vida longa ao blog e me desculpe o atraso.
Bjs.

Astrid Annabelle disse...

Fátima, minha querida amiga!!! Boa tarde!!!
Que surpresa boa receber você por aqui!!!
Um beijo agradecido por seu carinho e por suas palavras e nada de pedir desculpas...está tudo bem!!! Andamos em tempo diferente...cada um no seu passo...e no fim nos encontramos!!!
Astrid Annabelle

MARCELO DALLA disse...

Amiga, este post é mágico!!!!
Quanta riqueza, quanta história nessa pedra... amei.
E tb tô nesse movimento, adoro conhecer e compreender a nossa história. Que nosso planeta e a vida que vem de nosso antepassados sejam honrados!!!
grande bjo

Astrid Annabelle disse...

Marcelo meu querido artista!
Acho que é próprio desse tempo compreender melhor essa conversa de muitas vidas aqui e acolá. Você faz parte do nosso grupo, percebeu, não é??? Na realidade tudo está gravado como em uma fita de cinema. Como consciências multidimensionais podemos acessar o ponto que desejarmos sem ter que nos submeter a nada nem a ninguém. E assim aos poucos podemos identificar na 3D onde estivemos Veja os vídeos que publiquei no FB ontem, domingo 15/04..e sinta se tem algo que te chama...
Adorei ter você aqui...
Beijão
Astrid Annabelle

William Oliveira disse...

Que lindo.. "tá tudo aceso... tudo tão claro... tá tudo ligado..."
TUDOHAVER!!!
Que lindo lindo... estou fascinado.

Plugado nesta viagem...

Parabéns pela Iniciativa.

Astrid Annabelle disse...

Sabia que viria,mais dia menos dia William!
Está tudo ligado! Sim...
Muitas vidas...muitos encontros e desencontros...muitas lendas para contar e para escrever...
Beijo grande.
Astrid Annabelle

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...
imagem google imagens