Navegam ao meu lado...

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós.
Deixam um pouco de si. Levam um pouco de nós.
Antoine de Saint Exupéry

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish
Download this Cross-Cultural Communication Tool from Get International Clients

Cristo é a operação combinada — o encontro do finito com o infinito, tempo e eternidade se encontrando e se fundindo. Osho

TENHA UM TEMPO FELIZ!

"Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, é um imenso prazer para mim dividir um planeta e uma época com você." (Carl Sagan)

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...

EU ME SINTO GRATA E HONRADA...
...POR TODOS OS QUE AMOROSAMENTE SEGUEM ESTE BLOG!
"O ser integral conhece sem ir,
vê sem olhar e realiza sem fazer."

Lao Tzu

♥ BOM DIA ALEGRIA... BOM DIA SOL....a única sensação que tenho é que estou com os pés na areia...o resto de mim anda por aí em uma velocidade estonteante... e isso me dá ALEGRIA!!!

"Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta." autor desconhecido

POIS É...

POIS É...

"...Só aqueles que compreenderam que devem procurar o infinito, o ilimitado, o que está além do tempo e do espaço, se sentem vivos, porque a vida verdadeira é a imensidão, a eternidade. Nunca vos refugieis naquilo que é acessível, limitado: abarcai o infinito e a vossa alegria também será infinita. Será a felicidade, a luz, a força, o dilatar de todo o vosso ser." Omraam Mikhaël Aïvanhov

Pesquisar este blog

sábado, 26 de janeiro de 2013

Virando o mundo de cabeça para baixo

Uma delícia voltar do meu momento de silêncio sabendo que nada está onde acostumava estar... tudo mudou virando o mundo literalmente de cabeça para baixo... é claro que para aqueles que gostam de levar adiante o tema proposto sugiro que reflitam quantas são as verdades verdadeiras realmente que se conhece!!! E que se sabe!!!  
Toda esta minha pesquisa começou com um post feito no  
Viraram o mundo de cabeça para baixo!!!!!
E eu achei o máximo. 
Curiosa como sou fui atrás pesquisar sobre esta conversa...
O que descobri segue em imagens e textos abaixo... 
todas as imagens levam a links sobre o tema.. 
e a maioria dos trechos de texto foram tirados desse excelente post 
que eu achei navegando por aí...
*
VIRANDO O MUNDO DE CABEÇA PARA BAIXO 
cliquem aqui se quiserem ler na íntegra
 *
Boa viagem... 
divirtam-se... 
nada é como parece ser...
 
*
 
*
 "Mapas são representações/descrições do espaço. Portanto, representações não são absolutas! Dependem de onde se está observando o espaço (do ponto de vista da cinemática), assim como do contexto sócio-cultural de quem está fazendo a descrição!" - defende Sérgio Lima.
*
 *

"A partir de nossos conhecimentos astronômicos sabemos que a Terra no espaço gira em torno do Sol. Porém, no espaço “em pé” ou “deitado”, esquerda ou direita, frente e atrás, são todos dependentes do referencial que se toma. Estando “em pé” ou de “cabeça para baixo”, nossa nave navegará até os confins do Universo, e nós jamais notaremos qualquer estranheza.
 
  A navegação no Hemisfério Norte tem por guia a estrela Polar, que não é vista no Sul. Em países do Hemisfério Sul, a melhor orientação é dada pelo Cruzeiro do Sul.
 
  Quando Mercartor criou o seu mapa, influenciado pelo domínio cultural europeu, situou os continentes do Norte na parte superior do mapa e a Europa no meio. Esta é a imagem que prevalece na maioria dos mapas-múndi até os dias de hoje."
*
  " Em 1884, foi escolhida “a antiga sede do observatório astronômico de Greenwich, atualmente um bairro da Grande Londres” , utilizado como marco zero para a definição das longitudes terrestres (cada grau de longitude (ou latitude) é dividido em 60 minutos e cada minuto em 60 segundos). Por causa desta convenção, a Inglaterra estará, privilegiadamente, na maioria dos mapas-múndi, até que se adote uma outra disposição, no centro da carta."
*
CLIQUEM AQUI PARA SABER MAIS DA IMAGEM

 "Devido à convenção cartográfica baseada em Mercartor, os continentes das América e África apontam para baixo, como fossem triângulos invertidos. Nesta disposição, o mundo subdesenvolvido fica abaixo, e o dito Primeiro Mundo, acima, reafirmando visualmente a hegemonia econômica deste último.
 
  Como sabemos, os mapas são projeções cartográficas, ou seja, uma tentativa de transformar uma figura sólida (em três dimensões, no caso do planeta, um esferóide) em uma imagem plana de duas dimensões. Por mais preciso e veraz que se tente ser, isto sempre causará alguma distorção. Quem sabe, no futuro, com a evolução da holografia, o professor ao invés de esticar um surrado mapa plano do mundo feito de papel no quadro, ao contrário, poderá projetar no centro da sala um modelo exato da Terra. Assim, os alunos poderão ter a noção real de como são realmente as extensões geográficas planetárias, tal qual podem ser apreciadas pelos astronautas em órbita da Terra."
*
*
"A idéia de virar o mundo de cabeça para baixo não é moderna, pois diversos cartógrafos já a partir da Era das Navegações, representavam a África e o Novo Mundo com as pontas voltadas para cima.  
  Se observarmos uma imagem do mapa-múndi feita por satélite, virando-a de cabeça para baixo, teremos uma nova noção sobre o planeta. Fazendo assim, poderemos observar que imediatamente se destacam a África (que se destaca em qualquer visão), a América do Sul e a Oceania.
 A questão de nomenclatura não é tão importante. Norte, sul, leste e oeste, podem ficar confortavelmente invertidos em relação à tradição (o norte para baixo, o sul para cima, o leste para a esquerda e o oeste para a direita). Afinal, tudo isto não é uma convenção?
 
  Leste e oeste têm raízes sânscritas e indo-européias e querem dizer, simplesmente, lugar onde nasce e lugar onde se põe o sol. Norte e sul têm raízes anglo-saxônicas, e norte (north) é o ponto cardeal em que observador abrindo os seus braços, levando a sua mão direita em direção ao nascente e sua mão esquerda em direção ao poente fica à sua frente, e o sul (suth, south), o oposto ao norte. Como vemos, nada que justifique não podermos usar um mapa-múndi cujo sul esteja acima e o norte esteja abaixo.
 
  Quando usamos a expressão “o meu mundo parece virado de cabeça para baixo”, queremos dizer que sofremos um revés. Esta expressão é negativa. Demonstra a força psicológica e hegemonia cultural das nações do norte em relação às culturas do restante do mundo.
 
  Sempre foi hábito dos monarcas e pessoas de classe econômica ou de poder alta atenderem sentados numa posição mais elevada do que aqueles que lhes procuravam. Os tronos quase sempre estão num nível acima do restante da sala.
 
  Estar por cima é submeter, estar por baixo é submeter-se. Possa ser que eu me engane, mas há algo de muito dissimulado e perverso nas idéias cartográficas ao norte do Equador. Talvez quando o sul começar a valorizar-se, a América do Sul, a África e a Oceania, mudarão seus mapas. Psicologicamente, é provável que isto surta grande efeito na mente de seus povos, que se acostumarão desde a infância que estão “por cima”, como os reis, os vencedores, os vitoriosos, e não “por baixo” como os submissos, os vencidos, os subservientes.
 
  Então, mãos à obra, vamos virar os nossos mapas-múndi de cabeça para baixo. O único trabalho que vamos ter é girar em 180º os textos com os nomes das localidades, coisa que não dá lá tanto trabalho. 
Que a Paz esteja contigo."
*
SEJAMOS FELIZES
*ASTRID ANNABELLE / MA JIVAN PRABHUTA*
*
* Todos os direitos reservados. 
Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autoria.
 CAMPANHA DE DIREITOS AUTORAIS - APOIE E DIVULGUE ESSA IDÉIA
Bookmark e Compartilhe

11 comentários:

António Rosa disse...

Bom dia Astrid,

Gostei muito deste post. Tem 99% de trabalho seu e isso valorizo muito. Seu, no sentido de texto seu, ideias uas, organização sua, pesquisa sua, etc. Isso tem muito valor.

Espero que ao passarem «para cima» não se comportem da mesma maneira que os que dizem agora estar «por cima. Seria um desastre. Maso ser humano faz muito disso.

Se estudar os 5 BRICS irá perceber que essa mudança já se está a averificar. Mas como ainda é tão próxima, não permite uma visão muito clara.

Belíssimo post.

Beijinho e bom fim-sde-semana.

António

Lúcia Soares disse...

Astrid, não deixa de ser, no mínimo, curioso e reflexivo esse seu texto. Diferentemente de você, que é uma estudiosa, não me atentei a isso e me pergunto o quanto somos (e ainda seremos, geraçõs futuras) enganados pelo estabelecido, convencionado. Parece-me que os mais espertos chegaram antes e se apoderaram do mundo, com verdades nunca absolutas. Ou eles mesmos estavam descobrindo, não tiveram consciência dos seus prováveis enganos. Acho que se formos levar a ferro e fogo todos os mal-entendidos, nós, sim, é que ficaremos de cabeça pra baixo! rs
Bom que estudiosos,como você e tantos outros, se interessam pela qualidade de vida do planeta, não apenas pelo planeta em si, mas, principalmente, pelos que nele vivem.
Gostei de ler.
Beijo!

Carmen Ferreira disse...

Olá Astrid,

Nunca tinha visto a coisa dos mapas por este prisma...mas que faz todo o sentido, faz!!
Gosto de ser surpreendida e ler este post deixou-me feliz :)
Beijinhos

Astrid Annabelle disse...

Boa tarde António!
Ao ler seu post sobre este tema ontem no Facebook fiquei muito mexida... desde aquela hora até agora estou pesquisando... os primeiros resultados da minha pesquisa formam este post...
E espero que sirva para muitas reflexões sobre as verdades da vida...
Beijo grande... agradecido sempre
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Boa tarde minha querida Lúcia!
Na realidade uma verdade só é real para nós se a experimentamos, no mais tem infinitas possibilidades de ser ou não ser...
E acho uma delícia destrinchar o estabelecido...
Realmente nada é como parece ser...
Um beijo bem grande e continue pesquisando...você já ouviu o chamado!
Astrid Annabelle

Astrid Annabelle disse...

Boa tarde minha querida Carmen!
Pois é...este caso de mapas invertidos também me encantou!!! Nunca pensei a respeito... e agora também para mim faz muito sentido!!!
Adorei sua visita e seu comentário.
Beijo grande agradecido.
Astrid Annabelle

Bloguinho da Zizi disse...

Me pôs pra pensar!
Jamais (dentro da domesticação em que fui criada) imaginaria essa visão.
Que bom que vc e Antonio Rosa e tantos outros seres preocupados com o crescimento do Ser Humano, nos permitirem ver tudo de maneira diferente.
Gratidão!!!!

Beijinhos

Astrid Annabelle disse...

Boa tarde Zizi!
É 2013 começa com força.. aquilo que estávamos acostumadas será questionado..lembra? não restará pedra sobre pedra!
Sempre existem todas as possibilidades e vamos a elas...kkkk
Beijo grande e muito agradecido por sua visita amiga querida.
Astrid Annabelle

Maria Gloria disse...

Astrid, boa noite!

Esta é uma conversa muito interessante, pois nos faz refletir e ter vontade de saber mais ... de ir de encontro com todas as possibilidades.

Fiquei pensado: "até pelos mapas querem formar nossa opinião???

Vou partilhar, pois é excelente!

Astrid Annabelle disse...

Boa noite minha querida Maria Glória!
É isso mesmo.. quantas coisas fazem parte das nossas verdades que não são bem verdades? Agora chegou a hora de separar o joio do trigo.
E vamos que vamos...
Agradeço desde já a partilha.
Feliz com a sua visita e comentário.
Beijão.
Astrid Annabelle

Sérgio F. de Lima disse...

Opa Astrid,

Ótimo texto. Só acrescentaria que estamos, na verdade, virando os mapas de "cabeça para cima". Os mapas "norteados" é que estão de "cabeça para baixo" para nós.

abraços

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...

FLORES SÃO SEMPRE UMA ALEGRIA...
imagem google imagens